Notícias

Banca de DEFESA: ISMÁRIO SILVA DE MENESES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ISMÁRIO SILVA DE MENESES
DATA: 14/08/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Teórica do Departamento de Odontologia
TÍTULO: AVALIAÇÃO DO USO DE CARVACROL ASSOCIADO À FOTOBIOMODULAÇÃO A LASER NA REAÇÃO TECIDUAL
PALAVRAS-CHAVES: Materiais Biocompatívies; Cicatrização; Terapia com Luz de Baixa Intensidade.
PÁGINAS: 57
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
RESUMO:

O processo de reparo de feridas é um fenômeno fundamental e que abrange aspectos de proliferação celular, diferenciação celular e apresenta complexidade biológica e bioquímica, seu início ocorre logo após a injúria. Para otimizar esse processo, é possível encontrar na literatura trabalhos que comprovam a eficácia do uso de biomateriais, destacando para esse fim o carvacrol, um biomaterial do tipo monoterpeno fenólico presente no óleo essencial de plantas medicinais do gênero Origanum e Thymus (Lamiaceae) e a fotobiomodulação a laser. Este estudo objetivou analisar a reação tecidual com a inclusão de tubos de polietileno utilizando pasta de carvacrol associada ou não à fotobiomodulação a laser (FBML) de λ660nm em subcutâneo do dorso de ratos da linhagem Wistar. Para tanto, 60 animais foram divididos em quatro grupos (n=15) e receberam as seguintes intervenções: implantação de tubos vazios (CTR); implantação de tubos contendo pasta de carvacrol (CVC); implantação de tubos vazios e fotobiomodulação a laser (LLLT); implantação de tubos contendo pasta de carvacrol e fotobiomodulação a laser (CVCLT) e avaliados nos períodos de 03, 08 e 15 dias. Após a eutanásia dos animais nos seus respectivos períodos de avaliação, as peças cirúrgicas foram removidas e submetidas à análise histológica para avaliação da reação inflamatória e fibroplasia nas colorações HE e Picrosirius Red, respectivamente. Na avaliação do processo inflamatório no período de 3 dias, o grupo CVCLT exibiu menor infiltrado inflamatório em relação ao demais grupos (p<0,01). Já no período de 8 e 15 dias, os grupos LLLT e CVCLT apresentaram menor quantidade de infiltrado inflamatório linfocitário em relação aos demais grupos, (p<0,01 e p<0,05). Quanto a avaliação do colágeno dos tipos I e III, não se observou diferença significativa entre os grupos no período de 3 dias. No período de 8 dias, houve diferença no grupo CVC em relação aos demais grupos quanto a avaliação do colágeno do tipo III (p<0,001). E no período de 15 dias as únicas diferenças significativas observada foi entre o grupo CVCLT em relação aos grupos CTR e LLLT na avaliação do colágeno do tipo I (p<0,05). A utilização da pasta de carvacrol associado a fotobiomodulação a laser demonstrou otimizar o período inflamatório da reação tecidual.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2361893 - LUIZ ALVES DE OLIVEIRA NETO
Presidente - 1694366 - MARIA AMALIA GONZAGA RIBEIRO
Externo à Instituição - RICARDO LUIZ CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE JUNIOR
Notícia cadastrada em: 27/07/2018 16:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r12182-3b7fa45029