Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSE DIOGO LIMA MARTINS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE DIOGO LIMA MARTINS
DATA: 09/12/2016
HORA: 14:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: EFEITO GASTROPROTETOR DO ÓLEO ESSENCIAL DA Lippia gracilis Schauer (VERBENACEAE),
PALAVRAS-CHAVES: Gastroproteção; Úlcera Gástrica; Lippia Gracilis;
PÁGINAS: 37
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Fisiologia
RESUMO:

A úlcera gástrica é uma doença que acomete grande parcela da população
mundial, com prevalência de 2,4% na população ocidental e com taxas de
incidência anuais de 0,10% a 0,19%, com alta taxa de cura, porém com
elevado índice de recorrência. O óleo essencial (OE) da Lippia gracilis Schauer
(Verbenaceae) apresenta atividades antinociceptiva, anti-inflamatória,
antioxidante e antimicrobiana. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito
gastroprotetor do OE de Lippia gracilis no modelo de úlcera aguda induzida por
etanol/HCL. Os animais ulcerados foram tratados com OE (20-180 mg/Kg) e
omeprazol. Observamos que o OE preveniu de forma dose-dependente as
lesões provocadas pelo etanol/HCL, com diminuição de edema e perdas de
células. Com este modelo também foram avaliadas as possíveis vias
subjacentes envolvidas no efeito do OE. Os animais foram pré-tratados com
ioimbina (antagonista α-adrenérgico), glibenclamida (bloqueador dos canais
KATP), L-NAME (inibidor da síntese de NO), NEM (bloqueador de grupamento
sulfidrílicos), indometacina (anti-inflamatório não esteroidal) e todos foram
tratados com OE (180mg/Kg). O efeito gastroprotetor do OE foi revertido de
forma parcial pelos pré-tratamentos com L-NAME, glibenclamida, indometacina
e ioimbina, e completa com NEM, sugerindo uma participação sinérgica entre
todos estes mecanismos. No modelo de ligadura de piloro o OE (180 mg/Kg) se
aumentou a produção de muco. O OE foi capaz de aumentar o pH do suco
gástrico, diminuir o volume de secreção e a [H+]. Na avaliação in vitro na
atividade de H +, K + -ATPase, o OE em 10, 30, 100 e 300 μg / mL foi capaz de
diminuir a secreção. Estes resultados sugerem que o OE de Lippia gracilis
possui efeito gastroprotetor, constituindo importantes evidências favoráveis ao
uso deste para o tratamento da úlcera gástrica.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2307221 - DANILO LUSTRINO BORGES
Presidente - 1698148 - ENILTON APARECIDO CAMARGO
Interno - 2225863 - MURILO MARCHIORO
Notícia cadastrada em: 17/11/2016 08:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r10840-e5b57c044