A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: MÁRIO RODRIGUES PEREIRA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MÁRIO RODRIGUES PEREIRA DA SILVA
DATA: 23/02/2024
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 302 da didática VII.
TÍTULO: PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE MEMBRANAS BIOATIVAS BASEADAS EM QUITOSANA E HÍBRIDOS DE ZnO/Ag OU ZnO/Ag2O.
PALAVRAS-CHAVES: biocompatibilidade, cicatrização de feridas, biomateriais, atividade biológica e ecológico.
PÁGINAS: 123
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A pesquisa aborda a problemática global do gerenciamento de feridas, concentrando-se no desenvolvimento de membranas poliméricas eficazes, com ênfase na quitosana (CHI), um polissacarídeo derivado da quitina conhecido por sua não toxicidade e atividade antimicrobiana. A inclusão de glicerol (GLI) como plastificante visa superar a rigidez da CHI. O estudo visa caracterizar e explorar a avaliação biológica in vitro de nanopartículas (NPs) de óxido de zinco (ZnO) conjugadas com NPs de prata (Ag) ou óxido de prata (Ag2O) em membranas de CHI, com e sem GLI. A síntese sustentável de NPsZnO pelo método sol-gel mediado por amido, seguida pela eficiente conjugação com NPs de Ag ou Ag2O através de fotorredução e tratamento térmico, resultou em nanohíbridos integrados com sucesso nas membranas CHI/GLI, evidenciando romissoras aplicações. A análise de difratometria de raios X (DRX) sugere as fases dos nanohíbridos e membranas conjugadas com nanomateriais, enquanto as análises morfológicas indicam tamanhos médios de diâmetro de 34 nm para NPsZnO, 8 nm para NPsAg e 6 nm para NPsAg2O, com formatos predominantemente esféricos. Os resultados das medidas de taxa de transmissão de vapor d'água (TVA, medida em gm-2d-1) nas membranas de CHI (67 ± 1), (CHI com 20% de GLI) CHI20 (70 ± 1), (CHI com 20% de GLI com NPsZnO) CHI20ZnO (66 ± 2), (CHI com 20% de GLI com NPsZnOAg) CHI20Ag (78 ± 7) e (CHI com 20% de GLI com NPsZnOAg2O) CHI20Ag2O (72 ± 4) mostram valores similares aos de curativos comerciais. Para os nanohídridos os ensaios biológicos revelam atividade de biocompatibilidade em células macrófagos J774, a atividade antidiabética demonstrou inibição das enzimas α-glicosidase e α- amilase, sugerindo propriedades benéficas no controle da diabetes. No que diz respeito à atividade antioxidante, o método do radical livre 2,2-difenil-1-pricril hidrazila (DPPH) foi empregado, e o nanohíbridos ZnO/Ag2O se destaca pela maior atividade antioxidante, com valor de IC50 de 183,5 µg/mL. Posteriormente, foi avaliada a atividade antimicrobiana in vitro dos nanohíbridos e das membranas produzidas, revelando potencial eficácia contra cepas gram-positivas e gramnegativas, com destaque para as amostras de membrana CHI/GLI/Ag2O e o nanohídrido de ZnO/Ag2O com maiores halos de inibição contra as cepas testadas, respectivamente. Esses resultados indicam um potencial no auxílio ao processo de cicatrização da pele humana e como biomaterial.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1495228 - IARA DE FATIMA GIMENEZ
Presidente - 2326669 - LUIS EDUARDO ALMEIDA
Interno - 1692550 - MARCELO MASSAYOSHI UEKI
Externo à Instituição - PATRICIA SEVERINO
Externo ao Programa - 2337777 - ROGERIA DE SOUZA NUNES

Notícia cadastrada em: 01/02/2024 17:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19181-717445561f