Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ISABELA MAYARA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ISABELA MAYARA DOS SANTOS
DATA: 20/08/2021
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/atf-durz-fig
TÍTULO: BIODIVERSIDADE E SINGULARIDADES: um estudo com licenciandos e professores de biologia brasileiros
PALAVRAS-CHAVES: Aspectos não cognitivos. Bionarrativas sociais. Ensino de ciências. Formação de professores de biologia. Relações com a natureza e seres vivos.
PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO:

Partindo da tese de que ações perante o meio ambiente são, em sua maioria, influenciados a partir de contextos sociais, buscamos refletir nesse trabalho se posicionamentos socialmente inclusivos, relacionam-se com percepções mais biocêntricas acerca da diversidade biológica. A busca por possíveis associações entre biodiversidade e singularidades vem sendo construída há alguns anos por PAGAN (2009; 2018; 2020), na qual investiga-se se características que nos tornam únicos e o respeito às particularidades alheias, ensejam atitudes menos sexistas, machistas, homofóbicas e meritocráticas, podendo ainda direcionar percepções e práticas de coexistência equitativa com os demais seres vivos. Para dialogarmos com essa questão, estabelecemos como objetivo geral: relacionar as concepções sobre biodiversidade e as singularidades individuais e coletivas de licenciandos e professores de biologia do Brasil. Os objetivos específicos associados foram: analisar as ideias sobre diversidade biológica assinaladas nas categorias antropocêntrica, biocêntrica, integradora e desintegradora; descrever os perfis identitários e sociodemográficos do público alvo da pesquisa e suas respostas de sensibilidade a situações de preconceito e discriminação de grupos minoritários brasileiros. O estudo foi dividido em duas fases considerando a busca por triangularização de dados. Primeiramente utilizamos um questionário eletrônico cuja conformação permite conhecer o perfil pessoal e acadêmico dos respondentes; suas ideias acerca de diversidade biológica, distribuídas em quatro categorias: antropocêntrica, biocêntrica, integradora e desintegradora; e a sensibilidade deles acerca do preconceito e discriminação de grupos minoritários brasileiros. Em um segundo momento, como forma de conhecer mais expressões de relações com a natureza e com os seres vivos, bem como ampliar a abrangência do estudo, foram caracterizadas e interpretadas as bionarrativas sociais (BIONAS) de licenciandos em biologia de todo país, elaboradas durante um evento itinerante denominado de caravana da diversidade, disponíveis em plataforma online, como Recursos Educacionais Abertos (REA). Como fruto dos caminhos trilhados neste mestrado até o momento, finalizamos a construção e validação do questionário que será usado nesse estudo e cujos passos serão apresentados em exposição oral no Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC) entre os dias 21 de setembro e 01 de outubro de 2021; obtivemos aprovação deste projeto perante o Comitê de Ética e Pesquisa da UFS (CAAE: 40283120.9.0000.5546 / Número do Parecer: 4.852.283); e está em construção um artigo de cunho teórico, que tratará das discussões apresentadas no referencial.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1674029 - ALICE ALEXANDRE PAGAN
Interno - 1694328 - WELLINGTON BARROS DA SILVA
Externo à Instituição - MARIANA GUELERO DO VALLE

Notícia cadastrada em: 23/07/2021 14:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r16104-201f40f5e2