Notícias

Banca de DEFESA: THAYNÁ SOUZA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THAYNÁ SOUZA DOS SANTOS
DATA: 20/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Didática 6, sala 15
TÍTULO: O PROCESSO DE REFLEXÃO ORIENTADA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES E A PROMOÇÃO DE PRÁTICAS DIDÁTICO- PEDAGÓGICAS COM ORIENTAÇÃO CTS/PC
PALAVRAS-CHAVES: Formação de professores; Processo de Reflexão Orientada; Atividades Didático Pedagógicas.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Com as transformações da sociedade, tornou-se necessário uma série de mudanças que envolvem determinantes da qualidade de vida de um indivíduo sejam elas ambientais, tecnológicas ou econômicas, sendo a formação de professores uma forte aliada na busca pela sobrevivência desta, já que os ambientes educionais são palco do desenvolvimento e atuação cidadã. Neste contexto este trabalho, traz reflexões sobre ações formativas visando a Literacia Científica. São descritos Processos e Princípios Formativos que plasmados originaram o Processo de Reflexão Orientada utilizado como arcabouço pra instituição da educação científica, tendo como ponto de partida a preocupação com um modelo de formação continuada que realmente intervenha na educação científica de maneira contextualizada, privilegiando um espaço para a discussão e estudo de temas sociais com aspectos políticos, econômicos e ambientais. Para tanto este estudo objetivou, investigar como um Processo de Reflexão Orientada pode, de fato, promover práticas didático-pedagógicas que visem a Literacia Científica. A ação formativa foi implementada em sete encontros mensais distribuídos em quatro dimensões metodológicas oriundas da relação entre o Processo de Reflexão Orientada e os Princípios Formativos: I. A reflexão em ensino de Ciências na formação inicial e continuada sobre a perspectiva Literacia Científica: o perceber; II. Perspectivas sobre as necessidades pedagógicas e didáticas no âmbito do ensino de Ciências para Literacia Científica: o fazer; III. As práticas docentes como ferramenta de formação básica e continuada: o agir; IV. Ponderações sobre práticas didático-pedagógicas promotoras da Literacia Científica: a autonomia, onde os dados foram coletados por meio de entrevistas, gravações em áudios e transcrição das falas dos participantes, possuindo assim característica qualitativa, tendo como público professores de Ciências da rede pública do estado de Sergipe, participantes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência e Residência Pedagógica, denominando-se como um estudo de caso. Sendo analisados por meio da Análise de Conteúdo, por categorias definidas a posteriori: a. Concepções sobre o ensino de Ciências para promoção da Literacia Científica; b. Elementos formativos necessários para (re) formulação de práticas de ensino com orientação Ciência-Tecnologia-Sociedade para promoção do Pensamento Crítico; c. A ação crítica-reflexiva sobre práticas no processo de ensino de Ciências para LC; d. O perceber-fazer-agir para construção da autonomia didático-pedagógica. A análise dos dados evidenciou que o Processo de Reflexão Orientada mostra-se como uma estratégia formativa de grande relevância para organização de práticas que valorizem uma educação voltada para aspectos científicos, tecnológicos e sociais, apresentando-se também como uma ferramenta potencial para construção da autonomia didático-pedagógica, pois os professores q demonstraram apropriação das interrelações Ciência/Tecnologia/Sociedade de maneira complexificada nos debates teóricos revalidaram está na etapa de organização de atividades cuja intencionalidade é promover o Pensamento Crítico embasados em uma Ciência desenvolvida na e pela Sociedade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1655045 - ERIVANILDO LOPES DA SILVA
Interno - 1708198 - JOAO PAULO ATTIE
Externo à Instituição - JOÃO BATISTA SANTOS
Notícia cadastrada em: 24/01/2020 15:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r15368-99f189d34b