Notícias

Banca de DEFESA: MARIA CRISTINA ROSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA CRISTINA ROSA
DATA: 07/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Seminários – DMA/UFS
TÍTULO: SENTIDOS E SIGNIFICADOS DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA: ESTUDO SOBRE UM PROCESSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA EM UM MUNICÍPIO SERGIPANO
PALAVRAS-CHAVES: Relação com o Saber, Professores de Matemática, Formação Continuada, Oficinas de Matemática, Geometria.
PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Matemática
SUBÁREA: Matemática Aplicada
ESPECIALIDADE: Matemática Discreta e Combinatória
RESUMO:

Este resumo apresenta os resultados de uma pesquisa de mestrado que teve por objetivo, analisar os sentidos e significados que professores de matemática constroem em um processo de formação continuada por meio de oficinas de matemática. Para tanto, o lócus de nossa pesquisa se insere em um projeto de extensão resultado de uma parceria entre a Universidade Federal de Sergipe e algumas redes municipais de ensino público deste estado. Esse projeto vem sendo desenvolvido desde o ano de 2017, por meio de Oficinas de Matemática que acontecem sistematicamente distribuídas em cinco encontros mensais. As atividades desenvolvidas nas Oficinas são realizadas com sequências de ensino que, além de atender as orientações da Base Nacional Comum Curricular (BRASIL, 2017), também promovem uma articulação entre o campo da geometria e os demais campos da matemática. Ao acompanharmos esse projeto como colaboradores, algumas questões surgiram dando origem a nossa questão de pesquisa: Quais são os sentidos e significados construídos pelos professores participantes das Oficinas de Matemática durante sua participação nesse processo de formação? Para tanto, delimitamos nossa pesquisa apenas em um dos quatro municípios parceiros neste projeto, o município de Itabaianinha-SE. A metodologia utilizada caracteriza-se numa perspectiva exploratória descritiva, sendo caracterizada como pesquisa ação. Para coleta de dados, foram utilizados: questionários, diário de bordo, mapa conceituais, entrevistas e discussões de grupo. Como aporte teórico, este estudo fundamenta-se na Teoria da Relação com o Saber de Bernard Charlot (2000, 2001, 2013), a qual nos permite analisar essas relações de sentido e significados, em termos de processos que os professores participantes estabelecem por meio das relações consigo mesmo, com o outro e com o mundo. Neste contexto, os resultados foram identificados a partir de constelações que se constituíram em quatro processos: O Reaprender na Formação; O Aprender a Ensinar; A Mobilização para Ensinar e O Ensinar Geometria. Desse modo, os sentidos e significados construídos pelos professores participantes desse projeto de formação continuada, se estabelecem por meio das figuras do aprender a ensinar, as quais, por sua vez constituem a relação com o saber em três dimensões indissociáveis (epistêmica, identitária e social).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2223284 - DENIZE DA SILVA SOUZA
Interno - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA
Externo à Instituição - SADDO AG ALMOULOUD
Externo ao Programa - 1646555 - TERESA CRISTINA ETCHEVERRIA
Interno - 1344550 - VELEIDA ANAHI DA SILVA

Notícia cadastrada em: 25/10/2019 08:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r15368-99f189d34b