Notícias

Banca de DEFESA: EDENILZA MENDONÇA DE SANTANA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDENILZA MENDONÇA DE SANTANA
DATA: 09/03/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Campus de Itabaiana- UFS
TÍTULO: Relação entre as capacidades de pensamento crítico e o desempenho dos estudantes de química no Brasil
PALAVRAS-CHAVES: Pensamento Crítico; Testes de desempenho; Competências e habilidades.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Nesta pesquisa buscou-se avaliar o desempenho dos estudantes ingressantes e concluintes dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Química do Brasil, no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE), nos anos de 2011 e 2014, na perspectiva de identificar se os cursos de formação superior em Química propiciam nos estudantes o desenvolvimento de capacidades de pensamento crítico. O estudo é embasado em uma pesquisa documental, desenvolvida por meio do método misto, a partir da estratégia de triangulação concomitante, em que foram utilizadas as questões de conhecimento geral do ENADE e os microdados sobre estas questões que são disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP). Foi realizada a classificação das questões objetivas de formação geral do ENADE-2014 e 2011, de acordo com a Taxonomia do Pensamento Crítico. A partir dessa classificação, trabalhou-se com a variável de desempenho, correspondente as notas obtidas pelos estudantes nas questões, relacionando-a com três variáveis independentes: i) curso (bacharelado e licenciatura, considerando estudantes ingressantes e concluintes); ii) instituição (pública ou privada) e iii) escola (pública ou privada). Empregou-se o teste de qui-quadrado para a análise desses pares, a fim de identificar qual variável é mais relevante para o desempenho dos estudantes em questões que possivelmente demandam capacidades do pensamento crítico. Com as análises efetuadas, verificou-se que as questões demandam capacidades do pensamento crítico para a sua resolução e, que na variável curso, os estudantes concluintes de ambos cursos apresentam desempenho superior. Na variável instituição, quando os estudantes são pertencentes a IES privadas, os estudantes concluintes da licenciatura apresentam um desempenho superior, já quando os estudantes são de IES públicas, os ingressantes apresentam um maior destaque no desempenho. Na variável escola, os estudantes de escolas públicas demonstram melhor desempenho quando são concluintes. Os estudantes que vieram de escolas privadas, apresentam um desempenho superior quando são ingressantes. No que se refere aos dados observados para o ano de 2011, não foi identificada diferença estatística significativa em nenhumas das comparações feitas entre estudantes ingressantes e concluintes, independente da variável utilizada.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1629742 - EDSON JOSE WARTHA
Interno - 1641977 - MARCIO ANDREI GUIMARAES
Externo à Instituição - RUI MARQUES VIEIRA
Notícia cadastrada em: 15/02/2018 08:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9