Notícias

Banca de DEFESA: MIRLEIDE ANDRADE SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MIRLEIDE ANDRADE SILVA
DATA: 27/05/2014
HORA: 11:30
LOCAL: LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA - DMA/UFS
TÍTULO: RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ALGÉBRICOS: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE ESTRATÉGIAS UTILIZADAS POR ALUNOS DO 8º E 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DA REDE MUNICIPAL EM ARACAJU/SE
PALAVRAS-CHAVES: Estratégias para resolução de problemas. Resolução de Problemas Algébricos. Problemas Algébricos.
PÁGINAS: 123
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

Neste trabalho é apresentado o resultado de uma pesquisa que teve como temática principal as estratégias utilizadas pelos alunos do 8º e 9º anos na resolução de problemas algébricos. Dito de outra forma, o objetivo da pesquisa foi identificar e examinar estratégias utilizadas por alunos do 8º e 9º anos da Rede Municipal de Aracaju/SE para resolver problemas algébricos. Para alcançar este propósito foram selecionados alunos de escolas de diferentes regiões geográficas da Aracaju/SE para responderem inicialmente a uma seleção de problemas matemáticos retirados do livro didático A Conquista da Matemática de autoria de Geovanni Jr e Castrucci (2009). Depois de uma exame desse instrumento foram realizadas entrevistas semiestruturadas com alunos. O principal suporte teórico foi pinçado da obra de George Polya (1978) intitulada A Arte de Resolver Problemas para o entendimento sobre problema matemático, problema algébrico e indícios sobre o papel do professor e do aluno no momento da resolução. A partir dos dados coletados por meio da Resolução dos Problemas com cento e oitenta e dois alunos da Rede Municipal de Aracaju e das entrevistas com 20% desses alunos é possível afirmar que a maioria dos alunos utilizam estratégias aritméticas na resolução dos problemas algébricos, pois nos problemas rotineiros o aluno não necessitava elaborar um plano era só resolver. Já nos problemas de determinação e práticos que os alunos precisavam elaborar uma estratégia de solução, ou seja, eram impelidos a compreender os problemas para formular um plano a maioria mostrou equívocos de interpretação dos problemas e utilizaram estratégias aritméticas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1546518 - IVANETE BATISTA DOS SANTOS
Interno - 1308179 - RITA DE CASSIA PISTOIA MARIANI
Externo à Instituição - DIOGO FRANCO RIOS
Notícia cadastrada em: 16/05/2014 10:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15440-bf36319aa9