A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: EFREM JOSÉ MENESES RIBEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EFREM JOSÉ MENESES RIBEIRO
DATA: 29/08/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditorio do Pólo de Gestao/Campus São Cristóvão
TÍTULO: Fatores determinantes para ocorrência de febre amarela no Brasil.
PALAVRAS-CHAVES: Corredores ecológicos, epizootias, Ecologia de vetores, Doenças reemergentes.
PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Parasitologia
SUBÁREA: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
RESUMO:

No Brasil, o vírus da febre amarela está restrito ao ciclo silvestre, porém o risco da reemergência do ciclo urbano cresceu nos últimos anos, devido à disseminação de Aedes aegypti e a ampliação das áreas silvestres endêmicas. Os corredores ecológicos podem contribuir para a circulação dos primatas não humanos e vetores silvestres infectados com o vírus da febre amarela. Assim, os modelos de distribuições de espécies podem prever a potencial distribuição das elos da cadeia de transmissão.O objetivo deste trabalho é identificar os padrões espaciais e os fatores ambientais determinantes para a ocorrência da febre amarela no Brasil. Através de dados secundários dos casos, da distribuição dos primatas não humanos e dos vetores, serão elaborados mapas da distribuição, relacionando epizootias, corredores ecológicos e as variáveis ambientais. Os resultadospreliminares demonstram a ocorrência de primatas não humanos e vetores da febre amarela em uma ampla área, assim como uma expansão das áreas epizoóticas nos últimos 10 anos. Os futuros resultados demonstrarão pela modelagem, as áreas de risco e os fatores determinantes para a ocorrência da doença.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1888521 - JOSE RODRIGO SANTOS SILVA
Externo à Instituição - RAONE BELTRÃO MENDES
Presidente - 1516901 - ROSELI LA CORTE DOS SANTOS

Notícia cadastrada em: 07/08/2019 11:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r18291-d8b5d91c4a