A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ÍTALO FERNANDO LISBOA DE MELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ÍTALO FERNANDO LISBOA DE MELO
DATA: 31/08/2017
HORA: 08:30
LOCAL: Mini-auditório do CCBS
TÍTULO: ESTUDO DA MALACOFAUNA LÍMNICA DAS COLEÇÕES HÍDRICAS DO MUNICÍPIO DE NOSSA SENHORA DE LOURDES, SERGIPE, COM ÊNFASE EM Biomphalaria spp. PRESTON, 1910
PALAVRAS-CHAVES: Corpos hídricos; malacofauna; Biomphalaria spp.; helmintofauna; moluscos límnicos
PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Parasitologia
RESUMO:

Estima-se que mais de 450 espécies de moluscos no Brasil são límnicos, os quais podem afetar de forma negativa o ambiente, além da saúde humana e animal. O município de Nossa Senhora de Lourdes/SE tem uma variedade de corpos hídricos, os quais são frequentados pela população humana, com diversas espécies de moluscos, inclusive o B. straminea. Segundo o Sistema de Informação de Agravos de Notificação, no período de 2014 a 2016, 11 indivíduos foram diagnosticados com esquistossomose neste citado município. O propósito deste trabalho é realizar levantamento dos moluscos límnicos das coleções hídricas da área em estudo, com ênfase nas espécies Biomphalaria spp.. Para tanto, estão sendo realizadas coletas nos reservatórios hídricos da sede e do povoado Escurial, os quais são georreferenciados, analisando-se os seguintes fatores: tipos de coleções hídricas, identificação, a abundância, frequência, ocorrência de trematódeos associados aos gastrópodes, principalmente o S. mansoni, no caso de Biomphalaria spp. No presente estudo, foram analisadas 63 estações de amostragens distribuídas pelas 31 coleções hídricas, perenes e temporárias, sendo que apenas 45,2% tiveram a presença de moluscos límnicos espalhadas entre a sede (14,3%) e o povoado Escurial (85,7%). Foram coletados 3.629 caramujos, dos quais no período seco apresentou 8,1% exemplares se comparando com o período chuvoso, representado por 91,9% do total amostrado. Os moluscos límnicos são pertencentes a 16 táxons, destacando-se quatro de importância médica veterinária (Biomphalaria straminea, Biomphalaria sp., Lymnaea sp. e Melanoides tuberculata) e 6 invasores (Limnoperna fortunei, Corbicula flumínea, Corbicula largillierti, Corbicula sp., Physa sp. e Physa acuta). Thiaridae foi a família mais encontrada representada pelo Melanoides tuberculata seguida da Planorbidae, esta última representada por seis espécies, principalmente a ampliação de Biomphalaria spp. Quanto a abundância do Biomphalaria spp, no período seco e chuvoso foi maior nas 4ª e 6ª coletas, respectivamente. Nenhum exemplar liberou larvas do S. mansoni, por mais que tenha sido registrada a ocorrência da B. straminea, mas três tipos cercarianos foram diagnosticados (Vivax cercaria, Pleurolophocercous cercaria e Virgulate cercaria). O estudo da associação entre trematódeos e malacofauna límnica é relevante para a área em pesquisa, além de fornecer o conhecimento da biodiversidade, se torna importante para a saúde pública (médico-veterinária), como uma das estratégias de prevenção das doenças parasitárias, principalmente a esquistossomose.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1347234 - KARINA CONCEICAO GOMES MACHADO DE ARAUJO
Interno - 1703964 - SILVIO SANTANA DOLABELLA
Externo ao Programa - 2030768 - ALLAN DANTAS DOS SANTOS

Notícia cadastrada em: 10/08/2017 19:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - dragao2.dragao2 v3.5.16 -r18291-d8b5d91c4a