Notícias

Banca de DEFESA: ALINE SERZEDELLO NEVES VILACA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALINE SERZEDELLO NEVES VILACA
DATA: 05/10/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Cultart
TÍTULO: Linhas de força: Dançares 'gengibreiros" reterritorializados pela afrocentricidade
PALAVRAS-CHAVES: Grupo Gengibre; Processo de criação; Afrocentricidade; Culturas Populares.
PÁGINAS: 289
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Esta dissertação apresentada em formato experimental de ensaio acadêmico-literário, carrega o título da composição coreográfica que conduziu as investigações, memórias e reflexões da presente pesquisa e relato de experiência que propôs (re)conhecer e problematizar os detalhes metodológicos, poéticos e teóricos que balizaram o trabalho de ensino, pesquisa, extensão e criação artística inspirados nas manifestações populares afrodiaspóricas e indígenas realizados pelo Grupo Gengibre (ÁVILA, 2018) entre 2005 e 2012 na Universidade Federal de Viçosa-UFV/MG. Quatro capítulos somados à introdução e considerações finais foram construídos entrelaçando poemas, músicas, fotografias, lembranças, citações artísticas e teóricas concomitante ao processo de revisitar as metodologias do Grupo a partir da leitura da Afrocentricidade (ASANTE, 1989) como paradigma, sob uma cosmopercepção (OYEWUMI, 2004) feminina africano-diaspórica, de forma crítico-analítica afroperspectivista (NOGUERA, 2015). Sistematizando conceitual e artisticamente os dançares gengibreiros inspirados em “corpo e ancestralidade” (SANTOS, Inaicyra, 2006) que possibilitaram a criação de “Linha de Força” (2009) e otencializaram outros produtos e ambientes artístico-acadêmicos de ensinagem como o Grupo Mandi‟o (UFGD), Projeto de Extensão Aldeia Mangue (UFS), e disciplinas do curso de Licenciatura em Dança da UFS como: Africanias, Africanidades e Extensão e Dança. Revendo o passado para realçar os caminhos de ensinagem e composição de personagens, pontuando o fazer ficcional das Artes Cênicas Negras como espaço de ativismo, denúncia, reivindicação e enunciação de pedagogias antirracistas em combate ao epistemicídio.

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1182246 - ALEXANDRA GOUVEA DUMAS
Interno - 1623728 - NEILA DOURADO GONCALVES MACIEL
Externo à Instituição - TONI EDSON COSTA SANTOS
Notícia cadastrada em: 26/09/2019 19:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata4.fragata4 v3.5.16 -r13092-8d67585eaa