Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: TATIANE MARIA SOARES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TATIANE MARIA SOARES
DATA: 16/06/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Campus de Laranjeiras
TÍTULO: CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE DOS ADORNOS FUNERÁRIOS DOS SÍTIOS PEDRA DA TESOURA E LAJEDO DO CRUZEIRO - PARAÍBA.
PALAVRAS-CHAVES: Adornos funerários. Bioarqueologia. Arqueometria. Arqueologia Funerária. Cariri Paraibano.
PÁGINAS: 107
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Arqueologia
SUBÁREA: Arqueologia Pré-Histórica
RESUMO:

Os adornos funerários identificados nos sítios Pedra da Tesoura - Boqueirão e Lajedo do Cruzeiro - Pocinhos, localizados no estado da Paraíba, forneceram evidências significativas para a compreensão dos rituais funerários elaborados pelos povos que habitaram a região do Cariri Paraibano em tempos pretéritos. Os dois sítios são enquadrados como abrigos-sob-rocha e estão em uma área de influência etno-histórica e histórica dos povos Cariri, conforme os relatos de cronistas. As pesquisas foram desenvolvidas no Núcleo de Pesquisas e Estudos Arqueológicos e Históricos (NUPEAH-UFAL/Delmiro Gouveia), no Laboratório de Bioarqueologia (LABIARQ-UFS/Laranjeiras), no Departamento de Física (UFS/São Cristóvão), e tiveram o apoio do Instituto Memorial da Borborema. O objetivo foi analisar as variáveis culturais, utilizando-se também de métodos analíticos provenientes de estudos arqueométricos e zooarqueológicos, percebendo se havia preferência nas escolhas de matéria-prima e das técnicas empregadas durante a confecção dos adornos, possíveis distinções intersítio, contribuindo para a ampliação dos estudos sobre contas, pingentes e instrumentos de sopro em escala regional, nacional e internacional. Nesta pesquisa apresentamos os resultados referentes às análises realizadas em um quantitativo de 251 adornos, provenientes de dois sítios do interior da Paraíba. Os elementos que representam contiguidades nos dois sítios foram a presença de ossos de animais e de vegetal (madeira), assim como o emprego de decoração em superfície de algumas peças (com padrões diferentes). As formas, as dimensões e o tratamento de superfície foram operacionalizados nos adornos a depender da escolha estilística do artesão e da matéria-prima. Os elementos que configuram as divergências estão associados a presença de adornos confeccionados em minerais diversos, dentes de felídeos, provável dente humano e algumas contas que ainda não tiveram sua matéria-prima identificada existentes apenas na amostra do sítio Pedra da Tesoura. Os sítios apresentaram sepultamentos secundários diversificados, porém as bioturbações ocorridas nos dois sítios não permitiram a associação direta destes vestígios aos indivíduos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2579327 - OLIVIA ALEXANDRE DE CARVALHO
Interno - 2583203 - ALBERICO NOGUEIRA DE QUEIROZ
Externo ao Programa - 426623 - VERÔNICA MARIA MENESES NUNES
Externo à Instituição - JACIARA ANDRADE SILVA
Notícia cadastrada em: 26/05/2020 18:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r11771-472c34c50e