A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUAN VINÍCIUS CARVALHO DE ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUAN VINÍCIUS CARVALHO DE ALMEIDA
DATA: 06/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Goolgle Met
TÍTULO: “VEM VER, GENTE, ESSE SAMBA COMO ɔ: CAMINHOS, OLHARES E ESCUTAS ACERCA DO SAMBA DE ABOIO DO POVOADO AGUADA-SERGIPE.
PALAVRAS-CHAVES: Samba de Aboio; Povoado Aguada; Culturas Afropopulares; Sergipe.
PÁGINAS: 57
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Artes
RESUMO:

Os sambas ocupam um lugar múltiplo e representativo nas culturas populares brasileiras.Dentro do contexto sergipano, identificamos modalidades de samba como: o Samba de Coco,o Samba de Pareia e o Samba de Aboio, todos tendo em comum a matriz africana em suasgêneses e expressões. O samba aqui pesquisado é o Samba de Aboio, do Povoado Aguada,município de Carmópolis/SE, que acontece anualmente em dois dias, no Sábado de Aleluia eno Domingo da Ressurreição, na Festa de Santa Bárbara/ Iansã. Segundo mestres e mestrasque realizam essa celebração, o samba foi criado em 1888 para comemorar a abolição daescravatura e para cultuar o corisco de Iansã, uma pedra encontrada por uma criança nasmargens de um tanque da região. A parte ritualística (a devoção) se concentra nos banhos docorisco (ou Pedra de Santa Bárbara) feitos com ervas, azeite de dendê e sangue de animaismachos. A parte dedicada mais propriamente ao festejo envolve o samba e a partilha dascomidas preparadas coletivamente com as carnes dos animais sacrificados. O objetivo dessadissertação é descrever e analisar o Samba de Aboio a partir das vivências de seus brincantes,realizando a escuta das vozes e falas de moradores da comunidade em questão, refletindoacerca dos elementos que o compõem, com concentração maior nos aspectos de resistênciaafrobrasielira presentes na musicalidade e nos seus demais elementos espetaculares. De formaque a pesquisa tem a seguinte questão norteadora: em que medida a espetacularidade dosamba de Aboio pode revelar as negociações de resistência negra frente às questõeshegemônicas que abrangem a religião e a estética do referido fenômeno. A metodologiaaplicada foi referenciada nos “saberes da experiência” (MACEDO, 2015) com pesquisa decampo realizada no período de 2016 a 2019. Dentro dessa perspectiva, os métodos usadosenvolveram imersão na festa e na comunidade com observações diretas, análise de materialaudiovisual captado, apreciação de documentários, revisão de literatura, conversas informais eentrevistas realizadas com pessoas da comunidade ligadas ao samba. Tendo como pontos decruzamento a etnocenologia e a espetacularidade (BIÃO, 2007; PAVIS, 1999; DUMAS,2005), e pensando diálogos com os temas da ancestralidade (MARTINS, 2021; ASSIS, 2020;CALDERARO; SILVA; SANTOS, 2008), ainda com um olhar pautado na questão dossambas e culturas populares (SODRÉ, 1998, 2017; DUMAS; ALMEIDA, 2018), meaproximo dessas reflexões conceituais para dialogar com as vozes plurais de pessoas dosamba.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 881.142.605-72 - ALEXANDRA GOUVEA DUMAS
Externo à Instituição - PEDRO RODOLPHO JUNGERS ABIB
Externo à Instituição - TONI EDSON COSTA SANTOS

Notícia cadastrada em: 16/08/2021 20:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - dragao2.dragao2 v3.5.16 -r18154-6e174eae4e