A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Ementas das disciplinas

Disciplinas obrigatórias Mestrado 

 

Disciplina: Metodologias Quantitativas e Qualitativas

Créditos: 4

Ementa: A disciplina visa fornecer elementos para a discussão e reelaboração dos projetos de pesquisa dos discentes, com base no debate metodológico sobre: o processo de investigação sociológica; a complementaridade entre macro e micro níveis de análise; os principais métodos de investigação sociológica; as diferentes técnicas e os procedimentos de pesquisa; a interconexão entre a concepção e o planejamento da pesquisa, a coleta e a análise dos dados, a exposição dos resultados e a elaboração da dissertação. 

 

Disciplina: Teorias Sociológicas

Créditos: 4

Ementa: As bases teóricas da investigação sociológica clássica: conceitos e explicações sobre a sociedade moderna e as transformações ocorridas no plano dos valores e interesses, dos hábitos e costumes e das formas de sociabilidades. Desdobramentos do eixo paradigmático clássico na moderna teoria social: teoria funcional-estruturalista da ação em Parsons e Merton; a sociologia crítica da Escola de Frankfurt; a teoria da ação comunicativa de Habermas; a teoria da estruturação em Giddens; o individualismo metodológico e o marxismo analítico; a sociologia fenomenológica e o interacionismo simbólico; a etnometodologia; Foucault e o pós-estruturalismo; Bourdieu e a noção de habitus; a sociologia das configurações sociais de Noberto Elias; teorias modernas da ação; Collins e a teoria das Cadeias ritualizadas de interações; o pós-modernismo; Han, Ehrenberg e Rosa: a sociologia diagnóstica do tempo presente; os estudos pós-coloniais.

 

Disciplina: Seminário de Dissertação

Créditos: 4

Ementa: Esse curso está voltado para o acompanhamento e desenvolvimento da dissertação de mestrado dos alunos, com ênfase para a produção do texto que culminará no exame de qualificação. O objetivo é fornecer suporte metodológico para o desenvolvimento das etapas de produção do material da dissertação. Para isso, as leituras estão organizadas em dois módulos. No primeiro módulo, trata-se de revisar alguns fundamentos essenciais da pesquisa em sociologia e os desafios colocados à sua realização. No segundo módulo, abordaremos as etapas de construção da pesquisa e da escrita do texto.

 

Disciplinas obrigatórias Doutorado


Disciplina: Epistemologia e Sociologia

Créditos: 4

Ementa: A disciplina busca discutir os pressupostos do conhecimento científico na sociologia, a partir de pontos de vistas variados. Mais que uma disciplina sobre teoria sociológica, buscar-se-á discutir comparativamente como diversas escolas se posicionam sobre a possibilidade de um conhecimento científico, e sobre o estatuto de tal conhecimento, no âmbito das ciências sociais. Para levar a cabo tal reflexão, as discussões se darão no limite entre a teoria sociológica e a discussão filosófica; ou seja, nem teoria sociológica pura nem filosofia do conhecimento, a reflexão sobre “epistemologia e sociologia” situa-se em uma zona de intersecção entre ambas, buscando entender a gênese do conhecimento sociológico.

 

Disciplina: Tópicos Avançados em Teorias Sociológicas

Créditos: 4

Ementa: Abordar teorias e perspectivas metodológicas da sociologia contemporânea, em vista à atualização do debate em torno de conceitos-chaves para a compreensão da sociedade contemporânea. O curso está organizado de modo a contemplar quatro eixos que são fundamentais para oferecer tanto uma visão panorâmica do processo de construção dos modelos teóricos dominantes quanto um debate crítico acerca das novas configurações teóricas. A primeira unidade tem um caráter introdutório em que as leituras contemplarão a discussão sobre as condições de emergência e desenvolvimento da chamada “sociologia contemporânea”. Na segunda unidade, serão abordadas as diferentes correntes teóricas que passam a dominar o cenário sociológico internacional, ao longo do século XX, e de que forma elas estão fundamentadas em um conjunto de dilemas, confrontos e oposições. Na terceira unidade, a ênfase é dada aos autores que emergem no cenário internacional dominante à fim de integrar dilemas e construir uma “nova sociologia”. Por fim, o último bloco busca atualizar as discussões e integrar um debate que emerge, sobretudo no século XXI, sobre a necessidade de se problematizar as condições de produção e circulação da teoria sociológica, abrindo uma frente crítica para a discussão sobre a noção de modernidade e a relação entre centro e periferia.

 

Disciplina: Seminário de Tese

Créditos: 4

Ementa: Esse curso visa abordar as questões relativas aos fundamentos epistemológicos, teóricos e metodológicos envolvidos no processo de construção de um projeto de tese. De maneira mais específica, trata-se de propiciar um espaço de debate sobre os projetos de tese, com base nas temáticas, objetos, problemas e problemáticas de pesquisa do conjunto dos (as) discentes, com o intuito de contribuir para o aprofundamento de seus argumentos e de suas opções teóricas e metodológicas. Será dada uma especial atenção aos debates sobre o ato de escrever em ciências sociais. Nesse sentido, o objetivo do curso é o de preparar os alunos para a qualificação de seus projetos nos semestres seguintes. A metodologia de ensino consiste em aulas expositivas, leitura e discussão de textos e dos projetos de tese. A avaliação do curso será baseada nas participações dos alunos em sala de aula, bem como na reformulação do projeto de tese ao fim do semestre.

 

Disciplina: Colóquio de Doutorando I

Créditos: 4

Ementa: Disciplina com leituras dirigidas de textos teóricos e metodológicos, voltados aos  projetos de pesquisa dos doutorandos, com vistas à eleboração de um paper com o estado da arte e introdução téorico-conceitital da tese.

 

Disciplina: Colóquio de Doutorando II

Créditos: 4    

Ementa: Disciplina com leituras dirigidas de textos teóricos e metodológicos, voltados aos  projetos de pesquisa dos doutorandos, com vistas à eleboração de um paper com parte da abordagem empírica da tese.

 

Disciplinas optativas Mestrado e Doutorado 

 

Disciplina: Cultura Urbana e Modos de Vida

Créditos: 4

Ementa: Com base nos estudos urbanos contemporâneos, a disciplina enfoca a formação das cidades e da vida urbana, com ênfase nos processos de ressignificação dos espaços urbanos e na formação dos modos de vida e das sociabilidades públicas. O curso pretende discutir as ressonâncias reflexivas desses modos de vida urbanos na construção sócio-espacial da vida pública, na formação dos lugares, das territorialidades e identidades urbanas.

 

Disciplina: Sociologia Urbana

Créditos: 4

Ementa: Estudo do surgimento da Sociologia urbana como discplina acadêmica. Análise dos texctos clássicos e contemporâneos dos Estudos Urbanos, com foco nos processos de espacializção da vida, na formação das cidades e da cultura urbana. O curso pretende discutir a trajetória das políticas urbanas no Brasil, com ênfase na construção das narrativas culturais sobre as cidades. Pretende também analisar as intervenções urbanas nessas cidades e a emergência de uma cultura urbana e suas demarcações sócio-espaciais. Com foco nas políticas de revitalização e retradicionalização do patrimônio cultural sem sítios históricos, objetiva analisar os processos de gentrification (enobrecimento) e suas repercussões contemporâneas para a construção das modernas sociabilidades públicas e para a formação dos espaços públicos, das identidades e paisagens urbanas.

 

Disciplina: Estado, Sociedade Civil e Democracia no Brasil

Créditos: 4

Ementa: A disciplina visa fornecer aos alunos referenciais teóricos que lhes permitam acompanhar o debate acerca das transformações do papel do Estado contemporâneo, indo desde as conceções clássicas sobre as relações entre sociedade civil e Estado às análises mais recentes sobre a crise do Estado de Bem-Estar, a crise de legitimidade dos Estados democráticos, o fortalecimento de lideranças autocráticas, os ideias de novos populismos, o Cosmopolitismo, etc. Com isso, pretende-se capacitar o alunado para estudar os problemas políticos, sociais, econômicos e morais da cidadania, além dos impasses, limites e possibilidades de construção do espaço público no país.

 

Disciplina: Sociologia das Relações Raciais

Créditos: 4

Ementa:

Essa disciplina se propõe a debater sobre as questões raciais no Brasil: o que se entende por questão racial e quais conceitos e categorias analíticas são fundamentais para dar sentido a esta discussão. Para isso tomará como referência não apenas a literatura considerada clássica pelo pensamento social brasileiro, mas também autores importantes, alguns deles intelectuais negros, que não receberam o mesmo destaque neste debate. A disciplina dará também um destaque à produção intelectual do terceiro milênio, procurando entender de que forma as mudanças vivenciadas pelo país em torno da questão racial tem produzido um novo discurso sobre o tema. Quais os desafios da construção da agenda antirracismo numa sociedade onde há expressivas desigualdades raciais e ao mesmo tempo um reconhecimento controverso das práticas de racismo e suas consequências?

 

Disciplina: Sociologia Econômica

Créditos: 4

Ementa: A Sociologia Econômica pressupõe a compreensão dos fenômenos considerados econômicos através das teorias da sociologia. Neste sentido, o foco central desta disciplina é a desconstrução da abordagem econômica sobre a economia trazendo à luz perspectivas históricas sobre o mercado, sobre a imersão das relações sociais e a reconstrução dos mercados enquanto espaços políticos, culturais, morais e simbólicos. A partir desta base teórico-analítica, é possível compreender o comportamento econômico, a gênese e o desenvolvimento dos mercados, a formação e a performatividade do pensamento econômico a partir do estudo sociológico das relações de troca, do dinheiro, das firmas e corporações, das formas de racionalidade econômica e dos atores econômicos.

 

Disciplina: Teorias da Justiça, Reconhecimento e Redistribuição no Mundo Contemporâneo

Créditos: 4

Ementa: As discussões atuais sobre justiça e a igualdade têm girado em torno de dois conceitos básicos da filosofia social moderna, a saber: o reconhecimento e a redistribuição. A partir do ponto de vista de que apenas as sociedades igualitárias podem ser consideradas sociedades justas, a questão de fundo que vai se desenvolver é de saber em que sentido uma sociedade pode ser considerada igualitária e segundo quais critérios é ela uma sociedade justa. Nesse curso, pretende-se abordar essa questão através de uma revisão das principais correntes no campo das teorias da justiça, confrontando-as a alguns dos debates políticos em voga no mundo contemporâneo (políticas de reconhecimento, políticas afirmativas, multiculturalismo, etc.)

 

Disciplina: Tópicos Especiais em Sociologia

Créditos: 4

Ementa: Ofertada de acordo com os centros de interesse e de pesquisa, a disciplina terá sua ementa e sua Bibliografia definidas pelo professor responsável.

Bibliografia: a ser definida.

 

Disciplina: Identidades e Poder nas Ciências Sociais

Créditos: 4

Ementa: Identidades como relações de poder. Identidades em três tempos. Identidades na sociologia clássica. Identidades Sociologia Americana. Identidades na contemporaneidade. Identidades e poder: algumas pistas. A disciplina apresenta, ainda, a área dos estudos de gênero e sexualidade, raça e etnicidade, nação e migração, grupos de idade e geração, mostrando sua relação com os debates fundamentais das ciências sociais (como a dicotomia natureza/cultura). Também são apresentados outros enfoques sobre o fenômeno das identidades contemporâneas em perspectiva local/global, com análises críticas sobre seu viés cultural, social e político. 

 

Disciplina: Sociologia da Política

Créditos: 4

Ementa:

Este curso se insere na linha de pesquisa Instituições, Movimentos Sociais e Políticas Públicas e tem como objetivo desenvolver estudos e investigações relacionadas aos atuais avanços e possibilidades analíticas disponíveis para o estudo da política nas sociedades contemporâneas. Para isso, trata-se de tomar como objeto de análise as condições sociais, políticas e culturais de emergência e de transformação da “política” no Brasil. Em particular, trata-se de demonstrar que a relação entre “sistema político” e “sistema de alianças” constitui um dos ingredientes principais para a compreensão da política no Brasil e de suas relações com o Estado, com os grupos dirigentes, com as dinâmicas partidária e eleitoral, com os processos de participação política, com os usos das mídias sociais digitais, entre outros.

 

Disciplina: Sociologia dos Grupos Profissionais

Créditos: 4

Ementa: Este curso objetiva estudar os principais autores que se destacaram na análise do mundo do trabalho e das profissões, suas contribuições teórico-metodológicas e os debates contemporâneos sobre esse tema. Os objetivos estão centrados nos processos de profissionalização pelos quais passam as atividades ocupacionais, dentre os quais se insere o debate sobre o diploma, o papel do Estado na formação das profissões em diferentes contextos nacionais, as relações entre profissão e política e o exame de universos profissionais pouco convencionais na chamada “sociologia das profissões”.

 

Disciplina: Pensamento Social Brasileiro e Latino-Americano

Créditos: 4

Ementa: A disciplina tem como foco central o estudo de obras e autores, nacionais e estrangeiros, abrangendo todos os tipos de literatura: ficcional(romances, contos, poesias, crônicas, cartas, diários), científica e jornalística analisando a contribuição dessa produção na formação do pensamento social e na construção das identidades nacionais. Tendo como objeto principal a compreensão e interpretação das realidades nacionais e a construção histórica dessas realidades, tem como referencial básico as ideias nucleares e o processo criativo de intelectuais que contribuíram com a nossa formação cultural. Nessa linha de estudos destaca-se a história das ciências sociais no Brasil e na A. Latina, bem como estudos sobre como as diversas formas de produção de imagens (fotografia, filmes, pinturas, esculturas, entre outras.) contribuíram e tem contribuído na construção de um imaginário social sobre a nossa formação sociocultural. Nesse ínterim destaca-se o estudo das contradições de nossa realidade e o papel dos diferentes atores nas múltiplas formas de representação social e construção de sociabilidades nas sociedades brasileira e latino-americanas contemporâneas.

 

Disciplina: Movimentos Sociais, Engajamento e Participação Política

Créditos: 4

Ementa:

Este curso se insere na linha de pesquisa Instituições, Movimentos Sociais e Políticas Públicas e tem como objetivo introduzir os estudantes na discussão contemporânea sobre os principais problemas conceituais e metodológicos vinculados à investigação das condições sociais, políticas e culturais de emergência e de desenvolvimento dos movimentos sociais e da participação política, tendo como pano de fundo o exame e a discussão das principais abordagens em confronto no estudo da ação coletiva, dos movimentos sociais, das lógicas do engajamento individual e da militância e das dinâmicas de construção de causas públicas. Buscar-se-á também examinar esse debate na produção acadêmica brasileira, através de uma análise da emergência e desenvolvimento dos movimentos sociais no país, suas relações com o processo de redemocratização e de constituição de um espaço público a partir dos anos de 1970. Os eixos de discussão são os seguintes: recursos organizacionais e dinâmicas políticas; posição social, interações e carreiras militantes; quadros de interpretação, gramáticas da mobilização e construção de causas públicas.

 

Disciplina: Estudos sobre Juventudes

Créditos: 4

Ementa:

Introdução à Bibliografia e aos temas clássicos e contemporâneos dos estudos sociais sobre juventudes. Construção social e sociológica da ideia de juventude e os estudos geracionais. As correntes geracional e classista e seus principais desdobramentos analíticos. Os estudos clássicos da psicologia e da antropologia sobre adolescência e juventude. Ambiguidades e paradoxos da juventude tratada como problema à ordem social ou como problemática sócio-antropológica. Ênfase nos estudos sobre os aspectos relacionais entre juventudes, família, escola e estado, associados às práticas e discursos de poder. As juventudes na cidade e a questão do uso dos espaços públicos, das sociabilidades, do lazer e das produções de sentido. Os grupos de identidade e de estilos entre os jovens: as subculturas. As expressões da contracultura. Consumo cultural e estilos de vida. Relações de gênero, sexualidades e interseccionalidades. As relações intergeracionais. Estudos sobre protesto e política envolvendo as juventudes. Juventudes e políticas públicas. Violência, marginalidade e relações de poder. As juventudes contemporâneas e os usos e sentidos sociais das formas de comunicação e expressão a partir das novas tecnologias de comunicação e informação. Juventudes, discursos e expressões estéticas. Teorias e metodologias contemporâneas de estudo e as diferentes abordagens quantitativas e qualitativas sobre a temática das juventudes.

 

Disciplina: Sociologia das imigrações.

Créditos: 4

Ementa: Apresentação e o estado da arte das Sociologias das imigrações. O tema das imigrações nos clássicos e na “Escola de Chicago”. Imigrações nas Américas. Imigrações no Brasil. Imigração e Identidade Nacional. Imigrações contemporâneas e abordagens transversais: identidades, gênero, sexualidade, estilo de vida, corpo.

 

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r18988-33b839e988