Notícias

Banca de DEFESA: BETINA MAIARA RIBEIRO CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BETINA MAIARA RIBEIRO CARVALHO
DATA: 20/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Lagarto
TÍTULO: Bioprodutos de Citrus como perspectiva para controle de dislipidemia
PALAVRAS-CHAVES: dislipidemia; Citrus sinensis; hiperlipidemia; toxicidade; Triton WR-1339.
PÁGINAS: 116
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
RESUMO:

A dislipidemia apresenta elevados índices de ocorrência na população mundial, estando estreitamente relacionado a obesidade, doenças cardiovasculares e síndrome metabólica. O Brasil é um dos principais produtores mundiais da laranja doce (Citrus sinensis L.) e os resíduos da indústria alimentícia gerados a partir da produção do suco, parece ser uma importante fonte de fibras solúveis e compostos bioativos. Deste modo, este trabalho teve como objetivos: compilar evidências científicas sobre o uso de Citrus sobre a hiperlipidemia e desenvolver bioprodutos a partir do bagaço da laranja doce (Citrus sinensis L.) como estratégia de controle da dislipidemia. A fim de atender ao primeiro objetivo, foi realizada uma revisão sistemática com metanálise de publicações sobre o efeito de extratos de Citrus sobre a hiperlipidemia. Foram selecionados 18 artigos sobre o tema em destaque, no entanto, foram observadas limitações metodológica e a metanálise foi realizada com 16 artigos. A partir da compilação dos resultados pode-se observar o potencial efeito dos extratos na redução dos lipídeos séricos. Posteriormente foi produzida a farinha e o extrato hidroalcoolico a partir do bagaço da laranja doce para os ensaios experimentais. O material botânico foi coletado na cidade de Lagarto-SE, submetido à identificação da espécie, processamento para a obtenção dos bioprodutos e caracterização bromatológica e química por CLAE. Além disso, foi avaliada os compostos fenólicos e flavonoides bem como a atividade antioxidante do extrato através dos métodos: DPPH, ABTS e FRAP.A fim de confirmar a segurança dos bioprodutos obtidos, foi realizado os testes de toxicidade com camundongos fêmeas com a dose de 1,5 g/kg (v.o.) e 2,0g/kg (v.o.), da farinha e extrato, respectivamente, ou veículo (salina, v.o.). Os efeitos da farinha e do extrato sobre a hiperlipidemia foram avaliados através de ensaios experimentais com camundongos machos tratados (v.o) com a suspensão da farinha (200 mg/kg), aveia flocos finos (100 mg/kg), veículo (solução salina), sinvastatina (10 mg/kg v.o.) ou extrato da farinha (100, 250 e 500
mg/kg) e submetidos à indução de hiperlipidemia induzida por Triton WR-1339 (400 mg/kg, i.p.). Um grupo controle sadio foi utilizado para avaliação do perfil lipídico dos animais sem indução. A comparação entre os grupos foi realizada utilizando o Programa GraphPad Prism. A farinha apresentou alto teor de fibras (44,19%), principalmente a do tipo solúvel (27,65%). Já no extrato foram identificados flavonoides como a hesperidina (40%), o qual apresentou potencial antioxidante através da análise DPPH obteve 3,63mg/mL e através FRAP 5,33 µM Trolox/g, além da presença 110,31 mg EAG/100g de fenólicos totais e 22,33 mg ECAT/100g de flavonoides totais. O tratamento agudo dos animais com a farinha e o extrato não foi capaz de induzir alterações comportamentais, bioquímicas e hematológicas sugestivas de efeito tóxico. A utilização da farinha do bagaço da laranja doce não foi capaz de reduzir a hiperlipidemia induzida por Triton, enquanto o extrato reduziu os níveis de colesterol total, triglicerídeos, LDL, além de aumentar o HDL. Dessa forma, o extrato do bagaço da laranja doce tem um potencial efeito antioxidantes tendo ação na redução dos níveis de colesterol total, triglicerídeos e LDL, e aumento dos níveis de HDL.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1893534 - ADRIANA ANDRADE CARVALHO
Interno - 2127825 - CARLOS EDUARDO PALANCH REPEKE
Externo ao Programa - 2125744 - PAULO ALEXANDRE GALVANINI
Notícia cadastrada em: 19/02/2020 17:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r11747-970edecc06