Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDRE LUIZ DE OLIVEIRA NASCIMENTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDRE LUIZ DE OLIVEIRA NASCIMENTO
DATA: 04/07/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Campus Lagarto
TÍTULO: AVALIAÇÃO DA AQUISIÇÃO DE HABILIDADES EM ANESTESIA LOCAL ODONTOLÓGICA ATRAVÉS DE TRÊS ESTRATÉGIAS DE ENSINO
PALAVRAS-CHAVES: Anestesia local, habilidades motoras, aprendizagem baseada em problemas, ensino odontológico
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

O tratamento odontológico sem dor é um dos principais objetivos do cirurgião-dentista e a anestesia local é o método mais utilizado para alcança-lo. O ensino da anestesia odontológica é um tema controverso quanto as seguintes questões: metodologia teórica a ser utilizada, forma da primeira prática clínica anestésica e uso de atividades pré-clínicas. O objetivo deste trabalho foi de avaliar qual método de ensino é mais eficaz no aprendizado do bloqueio do nervo alveolar inferior por estudantes de graduação em odontologia. 41 estudantes do 2º ano do curso de odontologia concluíram a pesquisa e foram divididos em 03 grupos. No grupo 1 foi ministrada aulas na modalidade de aprendizado baseado em problemas, no grupo 2, aulas expositivas e no grupo 3 atividades laboratoriais em modelos anatômicos a respeito da técnica de anestesia do nervo alveolar inferior. Em seguida aplicou-se avaliações contendo 20 itens: prática, através de anestesia nos próprios estudantes, e teórica, para julgamento de itens em correto ou incorreto, do conteúdo abordado. Na prova prática, os resultados não mostraram diferença significativa das médias entre os grupos: grupo 1 (12,62), 2 (13) e 3 (12,13). Na avaliação da ansiedade da prática clínica, os estudantes que não tiveram treinamento laboratorial estavam mais ansiosos do que aqueles que passaram em aula com modelos, mas a menor ansiedade do grupo 3 não refletiu em melhor desempenho. E na prova teórica, a média das notas foram iguais para todos os grupos (13,20). A questão que mais se destacou foi a comunicação com o paciente: na avaliação teórica 100% dos estudantes reconheceram sua importância, porém na prática somente 19,51% a realizaram de forma correta. Constatou-se a partir destes dados que para o ensino do bloqueio do nervo alveolar inferior é importante aplicação de um método teórico de ensino, seja a metodologia ativa ou expositiva, associado a atividades pré-clínicas que reduzem os níveis de ansiedade dos alunos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1783432 - PAULO HENRIQUE LUIZ DE FREITAS
Interno - 2030378 - LUIZ RENATO PARANHOS
Interno - 2034861 - FELIPE RODRIGUES DE MATOS
Externo ao Programa - 3317726 - GUILHERME DE OLIVEIRA MACEDO
Notícia cadastrada em: 08/06/2017 15:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r12182-3b7fa45029