Notícias

Banca de DEFESA: GIVALDO ALMEIDA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GIVALDO ALMEIDA DOS SANTOS
DATA: 11/04/2019
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEF
TÍTULO: INTERNET DAS COISAS PARA O DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E SOCIOAMBIENTAL DO AGRONEGÓCIO NO BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: Agricultura de Precisão; Agronegócio; Inovação, Internet das Coisas; Propriedade Intelectual.
PÁGINAS: 142
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A Internet das Coisas (IoT) é um conceito importante para o desenvolvimento de tecnologias que proporcionam economia de recursos, compartilhamento de informações e tomada de decisão para a ação em tempo hábil de humanos ou operação de máquinas em tempo real, através de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nos setores da indústria, comércio e serviços. Sendo assim, a sua apropriação por agentes do setor agrícola é fundamental para proporcionar avanços na digitalização de processos e aplicação de técnicas de Agricultura de Precisão (AP) capazes de aumentar a rentabilidade das lavouras, economizar na aplicação de insumos, melhorar a qualidade de alimentos e reduzir os impactos negativos ao meio ambiente. Neste contexto, o percurso metodológico desenvolvido com uma pesquisa documental exploratória de abordagens qualitativa e quantitativa, procurou comprovar que as tecnologias e técnicas de AP são dependentes do ecossistema da IoT para conferir assertividade e confiabilidade na aplicação de adubos, de defensivos e na irrigação, como também, para proporcionar melhoria nas práticas de manejo das lavouras, conforto na operação e manutenção do maquinário e aumento da produção, vantagens por vezes não percebidas pelos produtores na adoção de máquinas com tecnologia de sensores embarcados. A pesquisa também demonstrou que a digitalização do processo de produção de grãos é uma tendência mundial irreversível, como por exemplo, da soja e do milho, culturas consideradas protagonistas do agronegócio brasileiro. Constatou-se com esses grãos ganhos financeiros vantajosos nas propriedades agrícolas, situação que tem impulsionado o PIB no Brasil e transformado o agronegócio em uma interessante fonte de receita para os agentes interessadas em desenvolver e utilizar tecnologias que otimizam o manejo com a Agricultura de Precisão combinada com a Internet das Coisas. Esse contexto, se tornou favorável para as Agtechs empoderar agricultores e empresas com o desenvolvimento de tecnologias para melhorar a eficiência da produção agrícola e adiquirir direitos de propriedade intelectual. Portanto, a tese prestou sua contribuição para sociedade quando comprovou que a digitalização da agricultura com a Internet das Coisas pode melhorar a eficiência, aumentar a produção e economizar insumos se não forem negligenciadas a manutenção e mão de obra para operação das tecnologias agrícolas de última geração.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADONAI JOSÉ LACRUZ
Externo ao Programa - 1692341 - EDWARD DAVID MORENO ORDONEZ
Interno - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Interno - 1541859 - IRACEMA MACHADO DE ARAGAO GOMES
Presidente - 1637307 - ROBELIUS DE BORTOLI
Notícia cadastrada em: 10/04/2019 08:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15644-68a4915b02