Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSÉ APRÍGIO CARNEIRO NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ APRÍGIO CARNEIRO NETO
DATA: 31/08/2017
HORA: 09:00
LOCAL: A DEFINIR
TÍTULO: OS DIREITOS AUTORAIS E A PROTEÇÃO DE SOFTWARE EM SISTEMAS EMBARCADOS
PALAVRAS-CHAVES: direitos autorais, proteção de software, sistemas embarcados
PÁGINAS: 185
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A indústria de componentes eletrônicos vem crescendo de forma acelerada nos últimos anos, motivada pelo surgimento de dispositivos eletrônicos destinados ao conforto e a comodidade das pessoas, chamados de sistemas embarcados. Os sistemas embarcados são formados a partir da combinação de um hardware com um software e estão presentes em praticamente todos os equipamentos eletrônicos movidos à eletricidade, tendo a função de nos auxiliar em diversas atividades do nosso cotidiano. O mercado de sistemas embarcados é muito atraente, porém complexo e segmentado. Por ano, a indústria de sistemas embarcados lança no mercado milhares de dispositivos eletrônicos com as mais variadas formas e propostas de projeto, envolvendo diversos tipos de componentes eletrônicos. O desenvolvimento desses dispositivos exige por parte das indústrias uma produção acelerada, diversificada e eficiente. Entretanto, essas indústrias enfrentam vários desafios, dentre eles: os custos de produção; a elaboração e execução dos projetos; e o tempo gasto no desenvolvimento das suas aplicações. Esses desafios são motivados pela natureza heterogênea dos produtos finais e pela diversificação dos componentes eletrônicos utilizados na fabricação desses dispositivos. Os projetos de sistemas embarcados resultam sempre na confecção de um hardware novo ou na customização de um já existente. Ao longo dos anos, o desenvolvimento dos sistemas embarcados vem se tornando uma atividade bastante complexa, envolvendo níveis elevados de integração entre o hardware e o software que compõe esses dispositivos. Os softwares embarcados no hardware desses dispositivos são responsáveis pela maior parte do tempo e dos custos gastos nos projetos, devido a sua complexidade, flexibilidade e alterações ao longo do projeto. O desenvolvimento dos softwares embarcados envolve o uso de técnicas modernas de programação, tais como: o reuso de software, a engenharia reversa, o uso de biblioteca de códigos prontos e a utilização de componentes de software. O uso dessas técnicas reduzem drasticamente os custos e os prazos de entrega dos projetos, mas por outro lado, provocam muita polêmica com relação à violação dos direitos autorais dos titulares desses códigos-fontes reutilizados nos projetos de desenvolvimento dos sistemas embarcados. Diante desse cenário, é preciso preservar e assegurar os direitos autorais dos códigos-fontes utilizados no desenvolvimento desses dispositivos eletrônicos. O objetivo desta tese é desenvolver um novo modelo de processo para a concessão de patentes de sistemas embarcados, visando uma maior proteção dos direitos autorais dos softwares embarcados nesses dispositivos eletrônicos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 116.375.605-91 - ANA ELEONORA ALMEIDA PAIXAO
Externo ao Programa - 1692341 - EDWARD DAVID MORENO ORDONEZ
Interno - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Presidente - 1835499 - JOAO ANTONIO BELMINO DOS SANTOS
Externo à Instituição - WANDERSON ROGER AZEVEDO DIAS
Notícia cadastrada em: 17/08/2017 09:58
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r15644-68a4915b02