Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SAYONARA MARINHO SOARES BORGES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SAYONARA MARINHO SOARES BORGES
DATA: 15/05/2014
HORA: 18:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: PROPRIEDADE INTELECTUAL NA EMBRAPA TABULEIROS COSTEIROS: ESTUDO DAS RELAÇÕES DE PARCERIA ENTRE UNIDADES E DIREITOS DE PI NO DESENVOLVIMENTO DE CULTIVARES
PALAVRAS-CHAVES: inovação; biotecnologia; proteção.
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Considerando o cenário legal e técnico, favorável para o desenvolvimento de cultivares (criação do Sistema Nacional de Proteção de Cultivares - SNPC/MAPA -, Lei de Proteção de Cultivares (LPC), Lei de Biossegurança (LB), Lei de Inovação (LI) e Lei de Sementes e Mudas (LSM), e os Programas de Melhoramento Genético Vegetal - PMGV), bem como as demandas da agricultura e exigências do mercado por soluções tecnológicas, a dissertação teve como objetivo fazer um estudo das relações de parceria entre a Embrapa Tabuleiros Costeiros e outras Unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), no desenvolvimento de cultivares, bem como identificar os direitos de propriedade intelectual entre os seus parceiros internos. Como parte da metodologia, o estudo mostra a importância da parceria para as empresas públicas de pesquisa, a partir de uma revisão bibliográfica, baseada em conceitos e modelos de gestão no desenvolvimento de produtos e tecnologias, utilizados por grandes empresas e corporações, denominada Open Innovation ou Inovação Aberta. O levantamento de cultivares contempla àquelas registradas a partir do ano da criação do SNPC até o último lançamento de cultivar desenvolvida entre a Embrapa Tabuleiros Costeiros e outras Unidades da Embrapa, apresentando o panorama das cultivares lançadas no mercado, após a criação do Órgão, e detalhando o status de PI desses materiais. Para levantar esses dados, foram feitas buscas no site do SNPC/MAPA, na Embrapa Produtos e Mercados (antigos Escritórios de Negócios) e na Secretaria de Negócios Tecnológicos, ambos da Embrapa. Os dados estão apresentados em tabelas e gráficos e interpretados de acordo com cada uma das Unidades nas quais foram identificadas parceria no desenvolvimento de cultivares. O estudo mostrou que a Embrapa Tabuleiros Costeiros desenvolveu 16 cultivares e seis híbridos em parceria com outras Unidades, sendo seis cultivares de milho com a Embrapa Milho e Sorgo; duas cultivares de feijão phaseolus (comum), com a Embrapa Arroz e Feijão; uma cultivar de feijão-caupi (macassar ou feijão-de-corda), com a Embrapa Meio-Norte; seis cultivares de mandioca, e um híbrido de banana, com a Embrapa Mandioca e Fruticultura; uma variedade e dois híbridos de girassol, com a Embrapa Soja; e três híbridos de coco (pelo próprio Programa de Melhoramento de Coco da Unidade). Os híbridos não foram foco do estudo, sendo apenas identificados para compor o Catálogo de Produtos, Tecnologias e Serviços da Embrapa Tabuleiros Costeiros. Concluiu-se que a parceria entre as Unidades possibilitou ampliar as ações de transferência de tecnologia das Unidades parceiras na região de atuação da Embrapa Tabuleiros Costeiros, fortalecer os Programas de Melhoramento Genético Vegetal e a introduzir nos sistemas produtivos materiais com maior adaptação às condições edafoclimáticas do Nordeste brasileiro.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Interno - 1548872 - SUZANA LEITAO RUSSO
Externo à Instituição - ANDRÉS MANUEL VILLAFUERTE OYOLA
Notícia cadastrada em: 15/05/2014 14:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r15644-68a4915b02