Notícias

Banca de DEFESA: THIAGO SILVEIRA PRADO DANTAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIAGO SILVEIRA PRADO DANTAS
DATA: 20/03/2018
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do DEF
TÍTULO: ANÁLISE DA HIPOTENSÃO, FORÇA, POTÊNCIA E TEMPERATURA CORPORAL APÓS SESSÃO DE CROSSFIT®
PALAVRAS-CHAVES: Crossfit®; hipotensão, força muscular, assimetria térmica.
PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Introdução: O Crossfit® se caracteriza por exercício de alta intensidade, movimento variado e funcional, como levantamento olímpico, de peso e movimentos de ginástica, realizados de forma combinada. A complexidade de treinamento e o grande número de indivíduos ligados ao Crossfit®, aumenta a necessidade de estudos para avaliar o efeito dessa modalidade de treinamento no sistema músculo esquelético e metabólico. Objetivo: analisar o efeito de uma sessão de Crossfit® nos parâmetros cardivasculares, força, potência e temperatura corporal. Métodos: Participaram do estudo 10 sujeitos, todos do sexo masculino com experiência de pelo menos 12 meses na modalidade Crossfit® e com idade entre 18 e 35 anos (29 ± 6,32 anos). O teste consistiu em uma única sessão Crossfit®, composta pelo seguinte WOD: 7 roundes de 20 repetições de american swing, 15 de wall ball e 50 double unders , já a sessão controle foi composta por uma sessão de musculação tradicional composta por quatro séries de 10 repetições de Leg press e quatro séries de 10 repetições de supino com descanso de dois minutos, sendo as intervenções separadas por 72 horas. Resultados: Os resultados encontrados mostraram diferenças significativas na PA sistólica logo após a intervenção (p = 0,002) e 40 minutos depois (p = 0,021) do grupo experimental em relação ao controle, na PA diastólica (p = 0,042) e na PA média em 40 minutos pós treino (p = 0,004) em comparação com o controle e diferenças significativas (p<0,05) nos testes de salto em contra movimento (CMJ) (49,03±3,13 vs. 45,27±4,20), e potência em MMSS (762,50±171,54 vs. 696,40±162,89) e assimetria térmica de braço (0,27±0,21 vs.0,55±0,34). Conclusão: A partir da primeira sessão de Crossfit® é possível concluir que a curva dose-resposta do exercício em indivíduos normotensos sofre um declínio, como também há o acometimento de alterações físicas, as quais se forem repetitivas podem vir a gerar sobrecargas locais


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2229468 - FELIPE JOSE AIDAR MARTINS
Externo ao Programa - 2069360 - PAULO MÁRCIO PEREIRA OLIVEIRA
Presidente - 1228110 - WALDERI MONTEIRO DA SILVA JUNIOR
Notícia cadastrada em: 02/03/2018 13:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r12712-85cc87cea5