A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: FRANCIELEN PAOLA DE SÁ

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCIELEN PAOLA DE SÁ
DATA: 18/02/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório da Embrapa
TÍTULO: APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE CULTURA DE TECIDOS PARA A PROPAGAÇÃO E CRIOPRESERVAÇÃO DE JENIPAPEIRO E COQUEIRO
PALAVRAS-CHAVES: Cocos nucifera; Genipa americana; Criopreservação; Biotecnologia, reguladores de crescimento; Micropropagação.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

O coqueiro e o jenipapeiro são plantas tropicais perenes com relevância econômica, social e ambiental na região nordeste do Brasil. Com avanço das técnicas biotecnológicas é possível conservar e propagar os recursos genéticos destas espécies utilizando técnicas da cultura de tecidos. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivos estabelecer protocolos de conservação in vitro de recursos genéticos, por meio da criopreservação de coqueiro e jenipapeiro como uma alternativa à conservação no campo e, definir um protocolo de propagação assexuada in vitropara o jenipapeiro. Foram avaliados os efeitos de soluções crioprotetoras, tempos de imersão no meio de desidratação e meios de regeneração com fins de criopreservação. Além disso, foram estudados os efeitos de diferentes concentrações de BAP e AIB na morfogênese in vitro de três acessos de jenipapeiro (Núcleo Bandeirantes - NB, Cruz das Almas- CZA e Sabinópolis- AS), bem como o estabelecimento do substrato na fase de aclimatização. Os procedimentos de desidratação prévios a criopreservação de embriões de coqueiro garantem a redução da umidade dos explantes, bem como resultados satisfatórios de sobrevivência. A presença de 1 mg L-1 de BAP no meio de cultura é recomendado para induzir brotações adventícias a partir de segmentos nodais de jenipapeiro. A auxina AIB é dispensável no processo de enraizamento dos acessos de jenipapeiro.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 523.499.506-20 - ANA DA SILVA LEDO
Interno - 461.265.383-15 - ANA VERUSKA CRUZ DA SILVA MUNIZ

Notícia cadastrada em: 03/02/2014 10:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - dragao2.dragao2 v3.5.16 -r18277-8067e35817