A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: RENATA RODRIGUES DA COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RENATA RODRIGUES DA COSTA
DATA: 26/05/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferencia
TÍTULO: FITOTERAPIA E PLANTAS MEDICINAIS EM UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NO MUNICÍPIOS DE ITABAIANA – SERGIPE: A VISÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE
PALAVRAS-CHAVES: Fitoterapia; Profissionais de Saúde; Plantas Medicinais.
PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Estudo conduzido no município de Itabaiana - SE, constatou que agricultores de umpovoado utilizavam plantas medicinais para o tratamento de dor no estômago, ferimentosna pele, dor de garganta, gripe e dor de cabeça. Devido à baixa assistência médica nolocal e os altos preços dos medicamentos, as plantas no tratamento de muitas doençaseram importantes para a comunidade estudada. Apesar de existirem estudos queevidenciem o uso de plantas medicinais e fitoterápicos pela população do município deItabaiana/SE, não há registros na literatura sobre projetos desenvolvidos pela gestãomunicipal que abordem essa temática e principalmente sobre a percepção dosprofissionais de saúde da região. Esse estudo foi realizado no intuito de contribuir para oconhecimento nesta área e de proporcionar um diagnóstico da aceitação e prescrição defitoterápicos e plantas medicinais por parte de profissionais da saúde que atuam naatenção primária de Itabaiana/SE. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório deabordagem quanti-qualitativa e o instrumento de coleta de dados foi questionário viagoogle formulário. Os dados coletados foram submetidos à análise estatística descritivaseguida pela sua categorização e análise percentual pelo Microsoft Excel 2013® etambém foram submetidos à análise de conteúdo. Os resultados indicaram que houve acarência de disciplinas e conteúdos relacionados a Fitoterápicos e Plantas Medicinais aolongo da formação acadêmica dos profissionais da saúde. O déficit de prescrição defitoterápicos e plantas medicinais no âmbito da saúde pública é preocupante porque emnosso país, existe uma política específica para isso, a Política Nacional de PlantasMedicinas e Fitoterápicos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - LUCAS BOMFIM BOLZON
Interno - 3026181 - LÍVIA CRISTINA RODRIGUES FERREIRA LINS
Presidente - 2025887 - VALERIA PRISCILA DE BARROS

Notícia cadastrada em: 29/04/2022 09:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r18966-bf93dfabd7