Notícias

Banca de DEFESA: FAGNER DOS SANTOS BOMFIM

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FAGNER DOS SANTOS BOMFIM
DATA: 01/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de aula do PPGS
TÍTULO: OS VEREADORES E O OFÍCIO DA POLÍTICA EM RIACHUELO: RECURSOS SOCIAIS, REDES DE RELAÇÕES E DOMINAÇÃO
PALAVRAS-CHAVES: Recursos sociais, Ofício da política, Vereadores, Parentela, Rede de Relações, Modos de dominação.
PÁGINAS: 136
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Esta dissertação tem como objetivo central analisar os recursos sociais fundamentais (familiares, escolares, profissionais, institucionais, políticos, redes de relações sociais e de dominação, etc.,) que se destacam na construção do ofício na política, bem como apreender as habilidades que são valoradas para a constituição e manutenção da carreira de político profissional. Trata-se, portanto, de um estudo dos princípios e critérios de seleção de um grupo profissional, que se define, sobretudo pela construção de suas carreiras profissionais, somando-se ao recurso eletivo: o voto. Nosso universo de análise consiste num bloco de atores políticos – os vereadores eleitos na campanha eleitoral de 2016 –, que atuam na política do município de Riachuelo, Sergipe, e se constituem como estruturas significativas de autoridade, os quais também participam da distribuição de recursos para a consagração da política local e estadual. Metodologicamente, algumas técnicas de pesquisa foram fundamentais para a captação de dados sobre os repertórios biográficos desses atores, bem como, na apreensão de informações inerentes ao universo profissional e relacional desses políticos no dia a dia da política, são exemplos dessas técnicas, o uso de questionários, entrevistas diretas com os vereadores, funcionários da Câmara de Vereadores, assessores políticos e conversas informais com os moradores mais antigos da cidade, além do uso da observação participante e do diário de campo. Contudo, a construção histórica da política riachuelense nos conduziu a utilizarmos como aparato analítico o conceito de ‘Parentela’ (LEWIN, 1993; QUEIROZ, 1976), conceito esse que é utilizado para apreender o papel central que desempenharam os laços sociais e os sistemas de alianças nas dinâmicas de composição e de recomposição dos grupos dirigentes. Sendo que esses laços são aqui entendidos como um recurso que foi utilizado no inicio da política local e como uma estratégia para a composição de redes de relações e alianças dos grupos dominantes. Assim sendo, construídas as redes de relações dentro do universo do ofício da política na composição do cargo de vereador, tornou-se possível compreender como se relacionam o uso dos recursos sociais e os modos de dominação na política local riachuelense.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2359639 - IVAN FONTES BARBOSA
Externo à Instituição - VERONICA TEIXEIRA MARQUES
Interno - 2454411 - VILMA SOARES DE LIMA BARBOSA
Notícia cadastrada em: 17/01/2019 09:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10803-399c5c35c