Notícias

Banca de DEFESA: ADRIELMA SILVEIRA FORTUNA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIELMA SILVEIRA FORTUNA DOS SANTOS
DATA: 01/03/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de aula do PPGS - Didática 2
TÍTULO: Movimento Estudantil Universitário de Sergipe: modelos de organização, redes sociais e engajamento individual (2000-2015).
PALAVRAS-CHAVES: Movimento Estudantil, modelos de organização, redes sociais, lógicas de engajamento individual, carreiras militantes.
PÁGINAS: 228
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Esta dissertação analisa os modelos de organização dos movimentos estudantis da UFS durante o período de 2000 a 2015. Trata-se de investigar mais particularmente como os modelos e repertórios organizacionais utilizados por lideranças estudantis e pelos ex-presidentes do Diretório Central dos Estudantes estão relacionados com mudanças no contexto político, as redes sociais desses atores e as lógicas de engajamento individual. Dialogando com um referencial teórico que investiga as dinâmicas organizacionais, o presente trabalho teve como principal objetivo compreender a relação entre o engajamento individual, as redes sociais e a escolha de determinados modelos e repertórios organizacionais utilizados por 13 gestões do DCE/UFS, durante o período investigado. Rompendo com abordagens que analisam o engajamento individual como um processo racionalizado e de cooptação, lançamos mão de teorias e conceitos que compreendem de forma processual e relacional o engajamento individual dos atores em múltiplos espaços de militância política. Desse modo, investigamos as redes de relações prévias, os diferentes espaços de socialização, as experiências de vida e também as transformações no contexto político, como elementos que influenciaram na construção dos modelos de organização utilizados pelas gestões investigadas. O universo empírico considerado são os movimentos estudantis que se organizam na Universidade Federal de Sergipe. Para dar conta das questões suscitadas, esse trabalho divide-se em quatro partes: a primeira, trata de analisar, a partir da pesquisa documental, as condições de emergência do Movimento Estudantil Universitário em Sergipe, as causas defendidas, os repertórios organizacionais utilizados e os movimentos estudantis, entre o período de 1950 e 1999, focando principalmente nas década de 1980 e 1990; a segunda parte, examina com base na aplicação de questionários e do método anteriormente citado, o perfil dos estudantes que militam, tendo como foco principal o itinerário militante e político. Além disso, investiga três espaços significativos: os CA‘s, as Assembleias Estudantis e os CEB‘s; a terceira parte aborda o processo de formação e atuação de uma gestão do DCE, e como tal processo mobiliza as redes interpessoais das lideranças e uma disputa política em torno desse espaço que extrapola os muros da Universidade; a quarta parte, problematiza as carreiras militantes dos ex-presidentes do DCE nos últimos 15 anos, considerando que a origem social, os múltiplos engajamentos e os processos de socialização e de identificação com a militância influenciaram na transformação dos modelos de organização utilizados por eles. Esta dissertação permitiu mostrar que os modelos de organização utilizados está diretamente ligado a mudanças no contexto político, ao múltiplo engajamento e a construção de redes sociais densas e processos de socialização que promovem a continuidade na militância. Revela ainda, que as relações entre movimentos estudantis e partidos políticos, é ao mesmo tempo conflituosa e conciliadora diante dos interesses financeiros, eleitorais e representativos de ambas as partes. Além disso, este trabalho afirma que o engajamento dos militantes e lideranças estudantis em partidos políticos resulta de um processo de identificação pessoal e profissional dos próprios atores, em que estes tornam a militância associativa e partidária um projeto de vida.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ELIANA TAVARES DOS REIS
Interno - 2024417 - JULIO CESAR COSSIO RODRIGUEZ
Presidente - 1195417 - WILSON JOSE FERREIRA DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 11/02/2016 11:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r10668-754907a47