Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ EDSON DE SOUZA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ EDSON DE SOUZA SILVA
DATA: 31/07/2012
HORA: 09:00
LOCAL: mimi auditório do nucleo de pos-graduação em ciencia e engenharia de materiais
TÍTULO:

DIAGNÓSTICO SITUACIONAL DA UTILIZAÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS UTILIZADAS POR PACIENTES IDOSOS ASSISTIDOS NO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA DO MUNICÍPIO DE ARACAJU-SE.


PALAVRAS-CHAVES:

diagnóstico situacional, plantas medicinais, medicamentos, idosos.


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

O aumento da população acima dos 60 anos tem sido observado na maioria dos países desenvolvidos e em desenvolvimento, inclusive no Brasil. A utilização de plantas medicinais como recurso terapêutico é muitas vezes associada ao conceito de inocuidade, e isso tem despertado o interesse da comunidade científica para o levantamento do uso dessa prática pela população. Diante disto, o presente estudo teve como objetivo descrever e analisar a utilização de plantas medicinais em pacientes idosos atendidos pelo Programa de Saúde da Família nas Unidades Básicas do Município de Aracaju-SE. Inicialmente foi realizada uma revisão sistemática a fim de verificar os estudos relacionados ao uso de plantas medicinais por idosos a partir da busca de dados em bases eletrônicas, no período de Novembro de 2000 a abril de 2011. A revisão utilizou como critérios de inclusão: Apenas artigos envolvendo idosos, artigo em inglês, português e espanhol e artigos publicados de 2000 a 2011. Em seguida, foi realizado um estudo piloto com delineamento transversal para validação do questionário que foi aplicado na pesquisa. As entrevistas ocorrem no período de agosto a setembro de 2011. Na revisão sistemática, apenas 16 artigos seguiram os critérios de inclusão e 75% desses estudos ocorreram na América do norte. A maioria dos respondentes em todos os estudos eram mulheres e a faixa etária predominante foi de 65 a 74 anos. Quanto ao estudo piloto, dos 45 entrevistados 84% eram do sexo feminino e a faixa etária predominante foi entre 65 a 74 anos (61%). O uso de plantas medicinais foi relatado por 67% dos entrevistados, sendo citadas 15 espécies distintas. Destas, “Cidreira”, “Boldo” e “Erva doce” foram as mais relatadas, respectivamente. Aqueles com renda de 1 salário mínimo e com baixa escolardade eram os que mais faziam uso de plantas medicinais. 47% afirmaram não informar ao médico que faziam uso de remédios de plantas medicinais e 80% dos entrevistados afirmaram nunca ter sido questionado pelo médico sobre o uso de plantas medicinais. Dentre os medicamentos, os mais usados eram para tratar hipertensão, diabetes e colesterol alto.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1838236 - AURELIA SANTOS FARAONI
Presidente - 1334092 - FRANCILENE AMARAL DA SILVA
Interno - 1694328 - WELLINGTON BARROS DA SILVA
Notícia cadastrada em: 26/07/2012 16:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r10803-399c5c35c