Notícias

Banca de DEFESA: THACIANA DOS SANTOS ALCÂNTARA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THACIANA DOS SANTOS ALCÂNTARA
DATA: 20/02/2020
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do DFA
TÍTULO: Implantação da Conciliação de Medicamentos na Pediatria de um Hospital Público de Alta Complexidade
PALAVRAS-CHAVES: crianças; conciliação de medicamentos; farmacêutico clinico, desfechos.
PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Introdução. Erros de medicação com o potencial para causar danos são três vezes mais comuns em pacientes pediátricos internados que em adultos. Estes danos podem ser resultados de histórias imprecisas ou incompletas do uso de medicamentos os quais justificam a necessidade de regimes farmacoterapêuticos mais seguros. Deste modo, a conciliação de medicamentos surge como possível solução para evitar a ocorrência de eventos adversos danosos ao paciente pediátrico. Objetivo. Implantar a conciliação de medicamentos no setor pediátrico de um hospital público de alta complexidade. Método. Na primeira etapa do estudo foi realizada uma Revisão Sistemática da Literatura, para caracterizar os indicadores de resultados em saúde que são influenciados pelos serviços clínicos farmacêuticos com crianças em hospitais. Na segunda etapa foi realizado o diagnóstico por meio de um estudo descritivo do tipo exploratório de julho de 2017 a março de 2018, no qual foram analisados as discrepâncias medicamentosas e erros de medicação nesta pediatria. Na terceira etapa será desenvolvido o protocolo com os fluxos e processos necessários para o serviço de conciliação de medicamentos por meio da técnica PDCA, com base na revisão sistemática e diagnóstico situacional. As variáveis categóricas e contínuas serão representadas por frequência e estatística descritiva. A fim de verificar o impacto do serviço serão utilizados testes para comparar as médias das variáveis contínuas paramétricas pareadas, paramétricas independentes, não-paramétricas independentes e não-paramétricas pareadas; verificar a associação entre as variáveis categórica e para correlacionar variáveis contínuas independentes paramétricas e não-paramétricas. Resultados. Na revisão sistemática foram identificados 269 estudos que após a análise dos critérios de inclusão resultaram em 11 estudos incluídos. Quanto aos locais de estudo, todos foram realizados em hospitais sendo que a maioria foram identificados como hospitais infantis de ensino. Nesta revisão foram encontrados quatro tipos de intervenções farmacêuticas: revisão da farmacoterapia, intervenções realizadas com a equipe multiprofissional, programas de gestão de antimicrobianos e intervenções realizadas na alta hospitalar. Estas intervenções influenciaram principalmente os indicadores de processo de cuidado em saúde e indicadores de resultados clínicos, como tempo de internação hospitalar e readmissão hospitalar. Em relação ao diagnóstico, participaram do estudo 136 pacientes, sendo 72 (53%) do sexo masculino e 64 (47%) do sexo feminino, com média de idade de 6,1 anos. Destes, 20 apresentaram problemas crônicos de saúde e 116 problemas agudos. 21 pacientes apresentaram discrepâncias na admissão hospitalar e 70 pacientes na transferência para a enfermaria. os erros de medicação mais identificados foram por omissão e dose, sendo na admissão 70,8% e 20,8% e na transferência interna 52,7% e 35,5%, respectivamente. Conclusão. A revisão sistemática pode dar subsídio quanto às variáveis mais utilizadas para avaliar os serviços clínicos farmacêuticos realizados com crianças hospitalizadas. Aliada ao diagnóstico do perfil de discrepâncias medicamentosas da admissão, transferência interna e alta hospitalar, que permitiu identificar quais os principais problemas que acometem as crianças internadas, subsidiará a elaboração do protocolo do serviço de conciliação de medicamentos que será desenvolvido para este hospital.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CARINA CARVALHO SILVESTRE
Interno - 1964297 - CRISTIANI ISABEL BANDERO WALKER
Presidente - 1315121 - DIVALDO PEREIRA DE LYRA JUNIOR
Externo ao Programa - 577945 - ROSANA CIPOLOTTI
Interno - 1694328 - WELLINGTON BARROS DA SILVA
Notícia cadastrada em: 28/01/2020 13:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r10803-399c5c35c