Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GABRIELA ANDRADE CONRADO CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GABRIELA ANDRADE CONRADO CARVALHO
DATA: 29/01/2016
HORA: 08:30
LOCAL: A definir
TÍTULO: Qual o impacto das intervenções do farmacêutico clínico no cuidado de pacientes oncológicos
PALAVRAS-CHAVES: serviço hospitalar de oncologia, oncologia, atenção farmacêutica, serviço de farmácia hospitalar, antineoplásico.
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Resumo: O risco inerente de agentes quimioterápicos é muito elevado, devido ao seu baixo índice terapêutico e margem de segurança em comparação com outros medicamentos. A farmácia clínica (ou serviços de farmácia clínica),visa contribuir para o uso de medicamentos seguros, fornecendo suporte clínico aos pacientes e equipe médica, tanto na comunidade como no hospital. Muitos estudos evidenciam que os serviços clínicos farmacêuticos em oncologia têm um efeito positivo na segurança clínica do paciente. Essencialmente, os farmacêuticos são responsáveis em garantir que os pacientes recebam o cuidado farmacêutico adequado, enquanto eles são submetidos ao tratamento de câncer. Dada a complexidade de tratamentos de câncer, eles são muitas vezes posicionados para garantir suporte e cuidado adequado a esses pacientes, sendo também necessários para resolver problemas relacionados a medicamentos (PRMs), como a identificação e prevenção de interações medicamentosas, gestão de reações adversas a medicamentos e ajuste da dosagem do medicamento quimioterápico. Deste modo, o presente trabalho teve como principal objetivo avaliar o impacto do farmacêutico clínico no cuidado de pacientes oncológicos. Metodologia: Uma revisão sistemática da literatura foi conduzida nas bases de dados COCHRANE, LILACS, PubMed, Scopus e Web of Knowledge com artigos publicados até agosto de 2015. A revisão também foi conduzida de acordo com a declaração PRISMA. Resultados: A revisão sistemática analisou oito artigos, os quais avaliaram as intervenções do farmacêutico clínico em diferentes abordagens. Os tipos de intervenção farmacêutica foram os erros de medicação, interação medicamentosa, contribuição do farmacêutico clínico sobre hábitos de prescrição médica adequada; conscientização sobre os procedimentos de farmacovigilância, aconselhamento ao paciente sobre o uso dos medicamentos. Conclusão: Com o entendimento e reconhecimento de interações medicamentosas e reações adversas, farmacêuticos clínicos podem fornecer intervenções oportunas e informações para a equipe multidisciplinar, bem como aconselhamento aos pacientes.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 949.166.594-49 - ALFREDO DIAS DE OLIVEIRA FILHO
Externo ao Programa - 2928605 - GISELLE DE CARVALHO BRITO
Presidente - 1467719 - LUCINDO JOSE QUINTANS JUNIOR
Notícia cadastrada em: 13/01/2016 14:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10787-147c949b3