A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Noticias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VINICIUS AUGUSTO DIAS FILHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VINICIUS AUGUSTO DIAS FILHO
DATA: 15/12/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Embrapa Tabuleiros Costeiros, Sala 29.
TÍTULO: CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN DE TAMBAQUI Colossoma macropomum EM CRIOTUBOS E MACROPALHETAS
PALAVRAS-CHAVES: Avaliação espermática, Descongelamento de sêmen, Larga escala, Meio diluidor, Tempo de equilíbrio
PÁGINAS: 32
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
RESUMO:

O tambaqui é um peixe dulcícola migrador de grande porte com desova total, apresentando uma elevada produção de gametas e uma alta fecundidade. Na atualidade, não existe um protocolo de criopreservação de sêmen desta espécie viável para aplicação em larga escala, com isso, o objetivo deste estudo foi apresentar protocolos eficientes para a criopreservação e fertilização em escala comercial em recipientes de grande volumes como as macropalhetas de 4,0 mL e criotubos de 5,0 mL. Inicialmente, o sêmen foi diluído (solução: 10% de metilglicol, 5% de gema de ovo, 75% de solução glicose a 5% e 10 % de sêmen), envasado e, posteriormente, congelado em vapor de nitrogênio líquido no botijão dry-shipper (-175ºC) e transferidas para botijão criogênico a -196°C. Foram avaliadas duas temperaturas e dois tempos de descongelamento em cada recipiente, por meio de um ensaio fatorial 2x2 (30ºC, por 50 ou 80 s, e 60ºC, por 25 ou 40 s, para as macropalhetas e 30ºC, por 240 e 360 s, e 60ºC, por 90 e 140 s, para os criotubos). Com base nos parâmetros de cinética espermática (Motilidade Total-MT, Motilidade Progressiva - MP, Velocidade Curvilinear - VCL, Velocidade em Linha Reta - VSL e Velocidade Média da Trajetória - VAP) identificou-se utilizando o teste de skott-knott (P<0,05) que as melhores velocidades de descongelamento foram 60ºC por 25 s, para as macropalhetas e 60ºC por 140 s, para os criotubos. O segundo passo do estudo foi testar diferentes tempos de exposição do sêmen ao meio diluidor e diferentes concentrações deste meio, utilizando os mesmos procedimentos de congelamento e armazenamento do experimento inicial, assim como as melhores velocidades de descongelamento encontradas. Este experimento foi elaborado em esquema fatorial 3 x 2 x 3, sendo três tempos de equilibrio: 4, 20 e 40 minutos; duas concentrações de gema de ovo: 0 e 5% e três concentrações de metilglicol: 5, 10 e 15%. Os tratamentos que proporcionaram maior qualidade espermática pós-descongelamento foram: metilglicol e gema de ovo a 5% quando o sêmen foi envasado em criotubo e metilglicol 10% e gema de ovo a 5% quando envasado em macropalhetas. O melhor tempo de equilíbrio foi de 4 min, sendo indicado para o congelamento do sêmen de tambaqui neste protocolo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 035.828.296-93 - ALEXANDRE NIZIO MARIA
Interno - 481.176.765-91 - HYMERSON COSTA AZEVEDO
Externo à Instituição - PAULO CÉSAR FALANGHE CARNEIRO

Notícia cadastrada em: 10/12/2014 15:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2022 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r17722-925b7210d0