A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
News

Banca de QUALIFICAÇÃO: NADIELLI MARIA DOS SANTOS GALVAO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NADIELLI MARIA DOS SANTOS GALVAO
DATA: 23/05/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de aula do PPGED
TÍTULO: Um Framework Conceitual para o Desenvolvimento de Trilhas Digitais Abertas de Neoaprendizagens via Desing Thinking
PALAVRAS-CHAVES: Design Thinking, Neoaprendizagem, Recursos Educacionais Abertos, Trilhas de Aprendizagem.
PÁGINAS: 184
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

O ciberespaço tem proporcionado diferentes modos de compartilhar e adquirir conhecimento, possibilitando acesso rápido a recursos, dados e informações tanto para estudantes como para professores, incluindo aqueles que vivenciam a educação superior. Os discentes almejam o desenvolvimento das competências necessárias para atuar no mercado de trabalho da contemporaneidade. Contudo, os professores universitários, em sua maioria, não possuem formação docente que os possibilite pensar em um processo andragógico que atenda às necessidades da atual conjuntura social. Ademais, conhecer conceitos como Trilhas de Aprendizagem, Design Thinking, Neoaprendizagem, Recursos Educacionais Abertos (as quais se constituem como as categorias teóricas desta pesquisa) pode trazer melhorias para as práticas dos docentes, bem como para a aprendizagem dos estudantes. Assim, neste estudo, propõe-se que os professores e demais especialistas no processo de ensino-aprendizgem de cursos superiores trabalhem com seus aprendentes por meio de um recurso que denomino, neste trabalho, de Trilhas Digitais Abertas de Neoaprendizagens. Estas podem ser conceituadas como sequências didáticas, andragógicas, experienciais e expansivas, que adotam o Design Thinking como metodologia ativa de ensino-aprendizagem e que possam ser compartilhadas como recursos educacionais abertos, visando um trabalho colaborativo entre docentes. Mas, considerando-se que boa parte dos professores do ensino superior não está familiarizada com tais conceitos, surge o questionamento norteador desta pesquisa, a saber: Como professores e especialistas envolvidos no processo de ensino-aprendizagem de cursos superiores podem integrar o Design Thinking como metodologia de ensino-aprendizagem por meio de Trilhas Digitais Abertas de Neoaprendizagens? Com isso, o objetivo desta pesquisa é propor um Framework Conceitual para o desenvolvimento de Trilhas Abertas Digitais de Neoaprendizagens que integrem o Design Thinking como metodologia de ensino-aprendizagem em cursos superiores. Para o alcance de tal desiderato, estou realizando uma pesquisa qualitativa, aplicada, pragmática e prescritiva, pautada no paradigma do Design Science e na metodologia do Design Science Research, a qual visa elaborar artefatos que solucionem problemas reais. A pesquisa está sendo desenvolvida em cinco etapas, a saber: identificação do problema, desenvolvimento, validação, reflexão e comunicação. Como instrumentos de produção de dados, têm-se as revisões sistemáticas e bibliométricas da literatura, questionários, entrevistas, teste de usabilidade e teste de cenário educacional. Para análise, fiz a opção pela estatística descritiva e Análise Textual Discursiva. O Framework já foi validado por um grupo de quinze doutores com amplo conhecimento nas temáticas relacionadas ao produto desta tese. Este seleto grupo considerou o artefato pertinente para o objetivo de auxiliar aqueles envolvidos no processo de ensino em cursos universitários a realizarem um processo de ensino-aprendizagem em congruência com as demandas contemporâneas. Espera-se, na próxima etapa, a saber, “Reflexão”, discutir com professores de diferentes áreas e diversos níveis de afinidade com as categorias teóricas que fundamentaram o Framework, a relevância que o artefato educacional proposto pode trazer para as práticas. Além disso, pretende-se verificar se os estudantes do ensino superior estão abertos a experienciar um processo de ensino-aprendizagem tal como sugerido no Framework. Para cumprir com a etapa de “Comunicação” do protocolo da pesquisa pretendo, além da tese, apresentar seus resultados por meio de artigos científicos e publicar o Framework em formato de ebook.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1097582 - ANNE ALILMA SILVA SOUZA FERRETE
Externo à Instituição - FRANCISCO ANTÔNIO PEREIRA FIALHO
Presidente - 279260 - HENRIQUE NOU SCHNEIDER
Interno - 1687926 - JANAINA CARDOSO DE MELLO
Externo à Instituição - ROSEMARY TRABOLD NICACIO

Notícia cadastrada em: 25/04/2024 09:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r19279-bcba364a3c