Integração com a Graduação

A integração do PPGED com a graduação se dá tanto pela docência quanto pelas atividades de pesquisa  e pela orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso. Os professores do Programa ministram pelo menos uma disciplina na graduação em todos os semestres letivos e isso vem facilitando o intercâmbio entre graduação e pós-graduação, a partir da atuação nas atividades de pesquisa desenvolvidas pelos professores do PPGED. Essa participação é facilitada a partir das diversas ações e programas institucionais ligadas as Pró-reitorias de Pesquisa, Extensão e de Graduação da Universidade Federal de Sergipe, que disponibilizam bolsas de capacitação por meio de editais internos.

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) através da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (Posgrap) e das Coordenações de Pesquisa (Copes) e Inovação Tecnológica (Cinttec) lança todos os anos, editais para professores da UFS interessados em concorrer a cotas remuneradas e não remuneradas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) e de Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti) com mais de 500 bolsas de IC. Além disso, alguns professores do Programa foram contemplados com editais de fomento que possuíam cotas de bolsas de IC pela CAPES, CNPq e FAPITEC.

A UFS também conta com diferentes modalidades de bolsas internas e externas, das quais podemos destacar:

A Universidade oferece bolsas de Iniciação a Docência - ID para alunos de graduação que atuem em projetos que visam à melhoria da formação do futuro do professor.

O Departamento de Educação desde 2009 procurou beneficiar com a experiência do PIBID os alunos dos projetos pilotos de Curso de Licenciatura em Educação do Campo e curso de Pedagogia regular e para os beneficiários da reforma agrária. Essa foi uma ação estratégica do Departamento para promover a participação desses estudantes nas próprias escolas do campo, possibilitando uma maior inserção desses jovens nas suas comunidades. Desse modo, o Departamento de Educação atendeu aos seus cursos de licenciatura com público e demandas diferenciadas. No entanto, após a integralização do curso de Licenciatura em Pedagogia para os beneficiários da reforma agrária e da Licenciatura em Educação do Campo, o Departamento entende que é necessário preservar a manutenção do curso de Licenciatura em Pedagogia no PIBID, para dar continuidade às ações de formação e de aprofundamento de estudos sobre a formação docente dos estudantes, a partir do desenvolvimento não só de práticas docentes, mas também de pesquisas nas escolas.

Em 2013, o DED, por meio dos Professores Antônio Vital Menezes de Souza – DED/PPGED, José Mário Aleluia Oliveira - DED/PPGED , Maria Inez Oliveira Araújo - DED/PPGED, Marizete Lucini - DED/PPGED e Tacyana Karla Gomes Ramos - DED/PPGED apresentaram o projeto de Formação e Prática Docente nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental ao Edital Interno de bolsas IC, pretendendo atender o grupo de estudantes do curso regular de Licenciatura em Pedagogia, tendo como foco de formação e de prática docente os anos iniciais do ensino fundamental na Grande Aracaju, uma vez que as escolas da rede pública de ensino vêm apresentando um quadro preocupante principalmente no que diz respeito ao IDEB,  a exemplo do índice alcançado pelo município de Aracaju, que ficou na marca de 3,6 em 2011, São Cristóvão, 3,0, ao contrário do município de Nossa Senhora de Socorro que no mesmo ano atingiu a marca de 4.0. Portanto a escolha das escolas da Grande Aracaju foi motivada pelos índices do IDEB, além de serem locais de fácil acesso dos acadêmicos. Objetivou-se que a proposta de iniciação à docência aos estudantes de Pedagogia se desenvolva na relação investigação-ação em parceria com os professores da rede e com os professores da Universidade. Parceria que se propõe a contemplar o conhecimento das diferentes áreas como elemento articulador de práticas pedagógicas que possibilitam o acesso ao saber sistematizado através da leitura e da escrita. Acesso que se constitui como um direito e como condição para a diminuição das desigualdades sociais. A equipe é composta por 12 professores de Educação Básica bolsista supervisores e com 104 estudantes da Licenciatura de Pedagogia, bolsistas ID.

Os professores Alfrancio Ferreirira Dias, Eliana Sampaio Romão, Simone de Lucena Ferreira e Lívia de Rezende Cardoso, vinculados ao Departamento de Educação (DEDI) da Campus Universitário Prof. Alberto Carvalho da UFS, coordenam o subprojeto Leitura, Diversidade e Ludicidade na Formação Docente: desafios para a educação, tendo como objetivo contribuir para a formação de licenciandos e licenciandas do Curso de Licenciatura em Pedagogia do Campus Prof. Alberto Carvalho, da Universidade Federal de Sergipe, de profissionais da educação e de estudantes da educação básica de Itabaiana/Sergipe, com ênfase nos processos de letramento, leitura e ludicidade, bem como na abordagem de temáticas relacionadas à diversidade e à inclusão por meio de interações com práticas pedagógicas e ações de iniciação à docência. Esse objetivo foi desenvolvido durante o ano de 2016 nos quatro eixos deste subprojeto: Formação de Professor, A Criança e a Infância, Leitura e Escrita, Diversidade Cultural. Atualmente, o Pibid/Pedagogia atende 06 (seis) escolas no município de Itabaiana/Sergipe, envolvendo 10 (dez) professores-supervisores e 70 (setenta) bolsistas de iniciação à docência. Como resultado das atividades desenvolvidas, percebemos um incremento do pensamento crítico-reflexivo no que se refere à educação não discriminadora, suas interfaces e perspectivas teórico-metodológicas; articulação interdisciplinar de conhecimentos construídos na formação inicial docente acerca de saberes educacionais, de diversidade de gênero, sexualidade e étnico-racial na busca pela ressignificação metodologias interativas de ensino e aprendizagem, produção e utilização de recursos educacionais abertos nas salas de aula.

O prof. Dr. Luiz Anselmo Menezes Santos coordena o subprojeto de Licenciatura em Educação Física, vinculado ao PIBID/UFS. O subprojeto visa colaborar na formação dos estudantes da Licenciatura em Educação Física da Universidade Federal de Sergipe, no contato real com o contexto escolar, tendo em vista o campo de atuação profissional, podendo desta, forma colocar em prática os conhecimentos adquiridos no meio acadêmico com relação ao exercício da docência. O objetivo do projeto, no Colégio de Aplicação tem como objetivos contribuir na formação de professores inicial (bolsistas de iniciação à docência), dos estudantes da Licenciatura de Educação Física, tendo o contato com o contexto escolar (ensino-aprendizagem) no ensino fundamental e médio, podendo desta forma colocar em prática os conhecimentos adquiridos durante o meio acadêmico com relação ao exercício da função docente. Trata- se de uma oportunidade de aprendizagens diversas e uma possibilidade de ampliação sobre a prática pedagógica da Educação Física, através do contato com conteúdos e metodologias.

Os alunos do Mestrado e Doutorado têm atuado em cursos de graduação a partir do desenvolvimento do Estágio de Tirocínio Docente, acompanhando seus orientadores nas aulas da graduação. Semestralmente, os Departamentos em que os professores do programa são vinculados recebem propostas de estudantes da Pós-graduação em Educação para desenvolver Estágio de Tirocínio Docente. Mestrandos e doutorandos bolsistas CAPES, CNPq e FAPITEC, participam das atividades de tirocínio docente ampliando suas vivências no campo do magistério de ensino superior, sendo obrigatório, por no mínimo um semestre para estudantes do mestrado e dois semestres para os estudantes do doutorado.

Nas avaliações realizadas e disponíveis nos relatórios, os discentes ressaltam a importância da experiência adquirida, do conhecimento mais amplo do contexto universitário e a vivência do cotidiano da sala de aula, exigindo um maior domínio do conteúdo e de metodologias que incentivam a interação entre os alunos e favorecem o processo de (re)construção do conhecimento. Outro aspecto positivo mencionado foi a oportunidade de socializar os resultados das pesquisas que vêm realizando para construção da Dissertação e Tese.

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r9515-9c74bd676