Notícias

Banca de DEFESA: DAMARIS SILVA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAMARIS SILVA DOS SANTOS
DATA: 27/02/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Lagarto
TÍTULO: Bioprodutos a base dE Matricaria chamomilla como perspectiva terapêutica em dermatopatias: uma revisão de patentes
PALAVRAS-CHAVES: Dermatopatias. Pele. Plantas medicinais. Matricaria chamomilla
PÁGINAS: 46
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A pele corresponde a uma importante barreira que impede a invasão de patógenos e evita ataques químicos e físicos, bem como a perda não regulada de água. Quando essa proteção sofre a ação de agentes externos, pode ocorrer a ruptura da sua integridade, provocando as doenças de pele, sendo necessária a intervenção terapêutica. Essas doenças estão amplamente distribuídas no mundo, sua prevalência pode ser superior a 80% em países menos desenvolvidos, podendo afetar indivíduos de todas as classes sociais, idades, culturas e gêneros, além disso, geram implicações de ordem física, funcional, psicológico, social e ocupacional, impactando diretamente na qualidade de vida. Assim, torna-se importante a descoberta de novas possibilidades para o tratamento de doenças de pele. As plantas medicinais representam uma alternativa terapêutica vastamente difundida ao redor do mundo para o tratamento de diversas doenças, incluindo as doenças dermatológicas, em virtude do fácil acesso e elevado potencial farmacológico. O extrato de camomila (Matricaria chamomilla) é comumente empregado na área farmacêutica devido, principalmente, às suas propriedades anti-inflamatória, antimicrobiana e cicatrizante. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo desenvolver uma revisão de patentes sobre a camomila para avaliar a o status do desenvolvimento tecnológico de bioprodutos a base desses extratos destinados ao tratamento de doenças de pele. Foi realizada uma extensa pesquisa nas bases de patentes ESPACENET, USPTO, WIPO e INPI utilizando os descritores "Matricaria" or “Chamomilla”, juntamente com os códigos da Classificação Internacional de Patentes A61K e A61P. Inicialmente, foram encontradas 1816 patentes, as quais foram verificadas por 02 avaliadores utilizando como critérios de inclusão patentes que demonstrassem a ação terapêutica sobre a pele através de estudos experimentais ou clínicos. Foram selecionadas 20 patentes, as quais descreveram as atividades terapêuticas da camomila entre os anos de 1982 e 2017, distribuídas nos continentes asiáticos, europeus e americanos. O tipo de estudo mais prevalente foi o estudo clínico (36,36%) e as principais alterações de pele estudadas estão relacionadas a cicatrização de feridas e queimaduras (25,00%), eritema e rosácea (16,66%), eczema e desidrose (12,50%) e dermatites (8,33%). As principais propriedades descritas nas patentes analisadas foram cicatrizante (20,00%) anti-inflamatória (16,66%), antimicrobiana e umectante (10,00%). Além disso, as invenções foram capazes de reduzir manchas e hiperpigmentação da pele por radiação UV (8,33%), descamação da pele e promover a melhora do estrato córneo danificado (8,33%). As principais formulações farmacêuticas desenvolvidas foram de aplicação tópica como cremes (28,57%), pomadas (9,52%), loções (9,52%), soluções (9,52%), curativo têxtil (4,76%), bandagem (4,76%). Os resultados sugerem que o extrato de camomila pode ser utilizado como base de bioprodutos destinados ao tratamento de doenças de pele devido as suas propriedades terapêuticas, porém mais estudos clínicos precisam ser realizados para corroborar com o resultado desse estudo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2869627 - ADRIANA GIBARA GUIMARÃES
Externo ao Programa - 2030649 - MAIRIM RUSSO SERAFINI
Interno - 2891169 - ROSANA DE SOUZA SIQUEIRA BARRETO
Notícia cadastrada em: 22/02/2019 09:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r10840-e5b57c044