Notícias

Banca de DEFESA: VIVIAN TAÍS CUNHA DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VIVIAN TAÍS CUNHA DE SOUZA
DATA: 15/08/2016
HORA: 08:30
LOCAL: São Cristóvão
TÍTULO: Principais Medidas Usadas na Pesquisa da Hanseníase: Uma Revisão Sistemática Usando como Referência a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
PALAVRAS-CHAVES: Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde; Hanseníase; Avaliação em Saúde; Revisão.
PÁGINAS: 78
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

A assistência prestada ao indivíduo diagnosticado com hanseníase requer cuidados à nível biológico, psicológico e social, fatores estes que são abordados com o uso da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). A CIF tem como objetivo proporcionar uma linguagem unificada e padronizada dos componentes relacionados às condições de saúde. Os domínios incluem funções e estruturas do corpo, atividade e participação, fatores ambientais e fatores pessoais. A aplicação da CIF integra diferentes setores, como por exemplo, a saúde, educação e previdência social. Em virtude da ampla quantidade de categorias que a compõe, estratégias foram desenvolvidas para facilitar o seu uso na prática, entre elas surgiu o Core set, que consiste em uma lista resumida de categorias principais para classificar uma determinada condição de saúde. O desenvolvimento do Core set segue uma metodologia dividida em etapas, sendo a primeira delas a fase de estudos preparatórios que inclui a revisão sistemática da literatura. Até o momento alguns Core sets já foram desenvolvidos, porém nenhum deles contempla a hanseníase. Nesse contexto, o objetivo do estudo foi identificar os aspectos de funcionalidade baseados na CIF presentes nas medidas usadas nos estudos científicos sobre hanseníase. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura, seguindo o guia para desenvolvimento do Core set da CIF. A metodologia foi dividia nas seguintes etapas: busca e seleção dos artigos; extração dos dados dos artigos; ligação dos dados com as categorias da CIF; e análise dos dados. Obtivemos um total de 51 artigos, onde foram identificadas 20 medidas técnicas, 27 medidas clínicas e 33 medidas relatadas pelo sujeito avaliado. A partir da extração dos dados correspondentes às medidas formulamos a lista final de categorias identificadas a partir da revisão sistemática. A lista contém 34 categorias pertencentes ao domínio atividade e participação, 20 do domínio funções do corpo, 8 do domínio estruturas do corpo e 5 do domínio fatores ambientais. Destacamos o interesse das pesquisas científicas por aspectos fisiológicos e aspectos relacionados à capacidade de executar atividades e à participação social, visto como um avanço em direção ao modelo biopsicossocial. Entretanto um número menor de categorias se reportam ao domínio estrutura do corpo, e fatores ambientais, sendo este último domínio o menos investigado. Os resultados dessa revisão sistemática permitiram identificar os componentes mais investigados, assim como os negligenciados, pelas publicações científicas no processo saúde-doença em indivíduos com hanseníase.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2353533 - JOSE ADERVAL ARAGAO
Externo ao Programa - 1347234 - KARINA CONCEICAO GOMES MACHADO DE ARAUJO
Externo à Instituição - MARCOS TÚLIO RAPOSO
Interno - 1783432 - PAULO HENRIQUE LUIZ DE FREITAS
Presidente - 1963336 - SHEILA SCHNEIBERG VALENCA DIAS
Notícia cadastrada em: 25/07/2016 11:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r12182-3b7fa45029