A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: CLAUDIO BISPO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLAUDIO BISPO
DATA: 29/08/2017
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de Teleconferencia a Definir
TÍTULO: UMA SEQUÊNCIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM COMO FACILITADOR NO ENSINO DE VETORES
PALAVRAS-CHAVES: Ensino-aprendizagem de Física, vetores, instrução por colegas, conhecimentos prévios
PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

O presente trabalho teve como objetivo fazer uma análise bibliográfica do que foi realizado em termos de pesquisa no ensino de Física, em relação ao ensino de vetores e com base nesses dados, produzir uma sequência de ensino-aprendizagem para servir como suporte no ensino de vetores no ensino médio e analisar a efetividade dessa. A sequência teve início com o envio de um texto de apoio sobre vetores para os alunos e a solicitação da leitura do capítulo do livro didático sobre vetores e em seguida foi aplicado um pré-teste em uma turma de primeiro ano do ensino médio para verificar a realidade conceitual em que os alunos estão inseridos e o que eles aprenderam com a leitura prévia.Em seguida demos continuidade à sequência seguindo o método de ensino Peer Instruction (Instrução por Colegas), promovendo o aprendizado do conceito de direção, sentido e quantidade (módulo), necessário para o entendimento do conceito de vetores.Também foi utilizado um simulador para somar vetores, do Phet Colorado, como um facilitador do aprendizado que motivou os alunos a usarem o eixo de coordenadas. O conceito de vetores é fundamental para entender melhor certas grandezas físicas no ensino médio, por isso, é importante que o ensino de vetores seja realizado de forma que os alunos tenham uma aprendizagem significante. Na adição de vetores esse conceito deve ser tratado de forma que os estudantes aprendam a somá-los ou subtraí-los em uma ou mais dimensões.Para analisar os resultados obtidos foram aplicados um pré-teste e um pós-teste na turma de primeiro ano do ensino médio, na qual foi desenvolvida a sequência de ensino-aprendizagem.Com a aplicação da sequência de ensino-aprendizagem foi possível identificar um ganho no aprendizado, além de algumas dificuldades já esperadas de acordo com a bibliografia analisada.Palavras-chave: Ensino-aprendizagem de Física, vetores, instrução por colegas, conhecimentos prévios.

DISSERTAÇÃO: https://www.dropbox.com/s/35s056itfmmdtkz/Dissertacao_Claudio_2017.pdf?dl=0

PRODUTOS: https://www.dropbox.com/s/l3lkjx1a0kh5wv8/Produto_Claudio_2017.pdf?dl=0


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1424267 - CELSO JOSE VIANA BARBOSA
Interno - 2448855 - TIAGO NERY RIBEIRO
Externo à Instituição - CAIO MARCELLO MOTA POLITO

Notícia cadastrada em: 31/07/2017 10:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18277-8067e35817