A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: GILBERLANIA PEREIRA SANTOS SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GILBERLANIA PEREIRA SANTOS SILVA
DATA: 15/03/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 101, bloco D, Campus prof. Alberto Carvalho
TÍTULO: ENSINO DE GEOMETRIA ESPACIAL: UMA ABORDAGEM INVESTIGATIVA
PALAVRAS-CHAVES: Investigação Matemática. Geometria Espacial. Ensino-aprendizagem.
PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Matemática
RESUMO:

O ensino de geometria espacial, na maioria das vezes, é visto como aplicação de fórmulas de volumes de sólidos e cálculo de áreas de superfícies. Num processo em que os alunos exercem um papel passivo e o professor assume o papel de expositor de conteúdo. Acreditando que o processo ensino-aprendizagem de geometria tenha maior êxito quando o aluno assume um papel ativo, o conteúdo de geometria espacial foi trabalhado em duas turmas de terceiro ano do ensino médio utilizando uma abordagem de investigação matemática. A fim de verificar quais as vantagens e desvantagens de se trabalhar com esta abordagem ativa, foram analisados os quatorze dias de aula, necessários para trabalhar este conteúdo a partir desta metodologia. Com isto, observou-se que vários são os desafios encontrados pelo professor: melhor preparação e domínio do conteúdo e das metodologias a serem usadas, maior consumo de tempo para preparação e execução das aulas, ter um olhar mais atento às dificuldades dos alunos, entre outros. Observou-se também que a investigação permite que o professor avalie continuamente seus alunos e detecte, de maneira mais específica, as dificuldades individuais destes. Além disso, proporciona aos discentes uma experiência matemática legítima na qual eles constroem o conhecimento matemático enquanto desenvolvem outras habilidades como trabalhar em grupo e expressar-se matematicamente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2544040 - WAGNER FERREIRA SANTOS
Interno - 1694912 - MATEUS ALEGRI
Externo ao Programa - 1646555 - TERESA CRISTINA ETCHEVERRIA

Notícia cadastrada em: 15/03/2019 10:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2024 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r18966-bf93dfabd7