Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUANNA PEREIRA DE MORAIS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUANNA PEREIRA DE MORAIS
DATA: 06/10/2020
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/bng-qphi-vzt
TÍTULO: Dinâmicas de inovação e sustentabilidade: o caso dos municípios da Microrregião Alagoana do Sertão do São Francisco
PALAVRAS-CHAVES: Microrregião Alagoana do Sertão do São Francisco; Inovação socioterritorial; Desenvolvimento regional; Circulação de conhecimento; Inovação sustentável
PÁGINAS: 79
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

As regiões menos desenvolvidas devem repensar o seu modo de desenvolvimento e procurar transformar suas economias através das disponibilidades locais, especialmente neste momento da pandemia pela COVID-19. No estudo em questão para os municípios de Delmiro Gouveia, Olho d’Água do Casado e Piranhas-Alagoas, constatou-se ser uma localidade com indicadores econômico, social e educacional baixos, mas com muitos alternativas que poderiam contribuir para o desenvolvimento e inovação local sustentável, nesse sentido, este estudo tem como objetivo configurar por meio da Hélice Quíntupla e da matriz SWOT, uma dinâmica de inovação sustentável e socioterritorial com a identificação das relações de cooperação capaz de promover o desenvolvimento regional sustentável, na Microrregião Alagoana do Sertão do São Francisco. A metodologia foi dividida em três fases: na primeira fase foi realizado a pesquisa bibliográfica por meio de leituras em periódicos, monografias, dissertações e teses que permitiram compreender e descrever, em termos teóricos, importantes conceitos para conhecer os temas relacionados sobre o desenvolvimento regional, circulação do conhecimento, inovações territoriais e sociais. A segunda fase mapeou os indicadores de propriedade intelectual nas mesorregiões e microrregiões do estado de Alagoas, através de fontes secundárias extraídas da Base de Dados Estatísticos sobre Propriedade Industrial (BADEPI), disponível no sítio do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), para os anos de 2010 a 2017. Os resultados apontam diferenças marcantes, com a mesorregião Leste Alagoana concentrando os indicadores de propriedade intelectual com duas indicações geográficas, 95,93% dos depósitos de patentes e 84,73% dos depósitos de registros de marcas, como também os desenhos industriais e programas de computador. O Agreste Alagoano, apresenta uma quantidade razoável de proteção intelectual, com destaque para o município de Arapiraca. Já o Sertão Alagoano, tem a pior situação, baixa quantidade de propriedade intelectual, mesmo em uma região com um ambiente cultural e ambiental diversificado. Assim, constatou-se que as mesorregiões alagoanas necessitam de um ecossistema que invista no processo de inovação da região, com destaque para o Sertão Alagoano. A terceira fase trás o principal objetivo deste estudo, que será analisar o desenvolvimento local, inovativo e sustentável para configurar por meio da Hélice Quíntupla e da matriz SWOT, com a identificação das oportunidades e desafios para se estabelecer um ecossistema de inovação e desenvolvimento regional sustentável na microrregião Alagoana do Sertão do São Francisco. Para o alcance do objetivo, os instrumentos metodológicos baseados em uma pesquisa descritiva e explicativa. Por sua vez, o método de estudo de caso, com as técnicas de coletas de dados a ser utilizada a partir da aplicação de questionário para o grupo por meio da aplicação online, utilizando a ferramentadocs.google.com. Neste sentindo, busca-se a elaboração de um relatório com o prognóstico do ecossistema inovação da Microrregião Alagoana do Sertão do São Francisco, afim de articular os atores, vindo a servir de inferência para outras regiões e mecanismos para políticas públicas eficientes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Interno - 1835499 - JOAO ANTONIO BELMINO DOS SANTOS
Externo à Instituição - SILVANA NUNES DE QUEIROZ
Notícia cadastrada em: 06/10/2020 05:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r15644-68a4915b02