Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ NILTON DE MELO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ NILTON DE MELO
DATA: 20/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITÓRIO - DTA
TÍTULO: DIRETRIZES ESTRATÉGICAS PARA O FORTALECIMENTO DAS INFRAESTRUTURAS DE PESQUISA DOS INSTITUTOS FEDERAIS: ANÁLISE EMPÍRICA E PROPOSIÇÃO DE MODELO
PALAVRAS-CHAVES: Propriedade Intelectual. Infraestrutura de Pesquisa. Ciência, Tecnologia e Inovação. Relação Universidade-Empresa-Governo. Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.
PÁGINAS: 203
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O que torna uma infraestrutura de pesquisa mais adequada para produzir propriedade intelectual? Certamente essa é uma pergunta desafiadora, uma vez que diversas variáveis estão em jogo, tais como: a capacidade individual do coordenador, a quantidade e a especialização dos bolsistas de pesquisa, os recursos financeiros disponíveis, a cooperação com outras infraestruturas e com o mercado, o valor e a modernização dos equipamentos, dentre outras. Essas possibilidades apontam que as infraestruturas de pesquisa precisam estar no centro das políticas de incentivo à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), uma vez que é no laboratório, através do uso dos equipamentos e com os recursos humanos e financeiros envolvidos, que ocorre tanto a pesquisa quanto a inovação. Diante desse contexto, o presente trabalho busca responder à seguinte questão: como fortalecer as infraestruturas de pesquisa dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia do Brasil (IFs) a fim de atender à nova missão institucional que lhes foi atribuída pela lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, isto é, além de promover a educação, gerar CT&I no país? Parte-se da hipótese de que em comparação com outras instituições similares no Brasil, sobretudo as universidades, as infraestruturas de pesquisa dos IFs, devido a sua recente formação e formatação, ainda não possuem um perfil adequado para atender a essa sua nova missão. Portanto, este estudo tem como objetivo elaborar diretrizes estratégicas para o fortalecimento das infraestruturas de pesquisa dos IFs com foco na geração de propriedade intelectual, no intuito de apontar caminhos de superação e adequação à sua nova missão institucional. O trabalho enquadra-se, metodologicamente, como pesquisa aplicada do tipo descritivo-comparativa, com proposição de modelo de gestão estratégica. Utilizou-se dados secundários oriundos do mapeamento inédito realizado pelo MCTI/CNPq/IPEA e de outras agências governamentais. A fim de buscar a validação do modelo proposto, foi enviado um questionário com perguntas semiestruturadas com escala do tipo Likert de 5 pontos aos 38 Pró-Reitores de Pesquisa dos IFs, dos quais 14 responderam ao questionário. Dentre os resultados alcançados, destacam-se os seguintes: 1) as regiões nordeste, norte e centro-oeste, em comparação com as regiões sul e sudeste, possuem uma capacidade inferior de transformar recursos de PD&I em resultados científicos e tecnológicos, principalmente no quesito inovação; 2) os IFs possuem uma forte associação com as áreas de ciências exatas, da terra e engenharias, demonstrando um grande potencial de aproximação das atividades de ensino e pesquisa com as demandas tecnológicas do mercado; 3) há uma forte vocação dos IFs com o setor privado, sobretudo com a indústria de transformação, ainda que as ações efetivas de cooperação com as empresas estejam incipientes e haja pouca interação com instituições e empresas estrangeiras, demonstrando uma fraca internacionalização; 4) o modelo BSC-Lab, a partir da avaliação dos Pró-Reitores de Pesquisa dos IFs, tem potencial de contribuir para o fortalecimento das infraestruturas de pesquisa dos IFs, tanto como ferramenta de gestão estratégica, quanto como instrumento adicional de seleção de projetos de natureza tecnológica


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Interno - 1541859 - IRACEMA MACHADO DE ARAGAO GOMES
Interno - 1835499 - JOAO ANTONIO BELMINO DOS SANTOS
Externo à Instituição - JOSE JAIME DA SILVEIRA BARROS NETO
Externo à Instituição - SILVANITO ALVES BARBOSA
Notícia cadastrada em: 19/02/2019 09:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - fragata3.fragata3 v3.5.16 -r15644-68a4915b02