Notícias

Banca de DEFESA: WANDERSON DE VASCONCELOS RODRIGUES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WANDERSON DE VASCONCELOS RODRIGUES DA SILVA
DATA: 29/06/2017
HORA: 18:00
LOCAL: IFPI
TÍTULO: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DA CAJUÍNA NO ESTADO DO PIAUÍ EM VIRTUDE DO RECONHECIMENTO DA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA
PALAVRAS-CHAVES: Indicação Geográfica; Cadeia Produtiva; Cajuína.
PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A valorização de produtos regionais, bem como a proteção da tradição atrelada a esses produtos, tem sido utilizada como estratégia para promover o desenvolvimento dos territórios, em especial das regiões em que o agronegócio desempenha um papel fundamental para a economia dos países em desenvolvimento como o Brasil. A concepção da Indicação Geográfica (IG) representa uma base de sustentabilidade para o desenvolvimento territorial, tecnológico, econômico e social. Assim, diversas entidades no Brasil têm empenhado esforços em pesquisa e desenvolvimento na busca da valorização de seus produtos locais em um mundo globalizado. Em agosto de 2014, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) concedeu a IG da cajuína para a União das Associações, Cooperativas e Produtores de Cajuína do Piauí (Procajuína). Diante do exposto, é possível notar que o reconhecimento da cajuína como produto piauiense é capaz de promover o desenvolvimento de diferentes setores nas regiões produtoras, porém é necessário que se investigue seu estado atual de implementação. Dessa forma, esta pesquisa analisou e discutiu as perspectivas de desenvolvimento da produção e comercialização da cajuína em virtude do reconhecimento da Indicação Geográfica por meio da percepção dos produtores e da Procajuína, entidade que regula o uso da IG. A análise dos resultados obtidos constatou que a cajuína piauiense procura inovar seu processo produtivo para atender às exigências de um mercado cada vez mais competitivo e tem na IG um instrumento para impulsionar a comercialização da bebida para além das fronteiras estaduais, porém ainda encontra entraves ocasionados por dificuldades para regularização dos estabelecimentos, escoamento da produção para outros estados e prejuízos provocados pela seca dos últimos anos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 116.375.605-91 - ANA ELEONORA ALMEIDA PAIXAO
Presidente - 1548872 - SUZANA LEITAO RUSSO
Externo à Instituição - TÉCIA VIEIRA CARVALHO
Notícia cadastrada em: 19/06/2017 08:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2021 - UFRN - bigua3.bigua3 v3.5.16 -r15644-68a4915b02