Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SAULO DOS REIS MARIANO SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SAULO DOS REIS MARIANO SOUZA
DATA: 21/12/2018
HORA: 08:00
LOCAL: Sala 26 do Programa de Ciências da Saúde/HU
TÍTULO: LIMIARES DE IDENTIFICAÇÃO E PERCEPÇÃO ESTÉTICA DO ALARGAMENTO SIMULADO DA BASE ALAR ENTRE CIRURGIÕES BUCO-MAXILO-FACIAIS: UM LEVANTAMENTO INTERNACIONAL
PALAVRAS-CHAVES: Procedimentos Cirúrgicos Ortognáticos; Estética; Face
PÁGINAS: 27
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

A cirurgia ortognática é indicada para correção de condições nas quais o esqueleto facial difere da normalidade e visa promover harmonia entre os aspectos estéticos e funcionais da face. O alargamento da base alar é uma alteração facial comum após o reposicionamento cirúrgico da maxila, sendo considerado um resultado indesejado quando demasiado. O objetivo deste trabalho foi comparar os limiares de identificação, a percepção estética e a influência do gênero da face-estímulo em alargamentos simulados da base alar entre especialistas em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (CTBMF) com formação acadêmica no Brasil e em outros países. O material de estímulo da pesquisa foi elaborado após a manipulação digital de retratos de dois voluntários de gêneros distintos, feodermas. Posteriormente, aumentou-se gradativamente, por manipulação digital, a região da base alar de modo a produzir seis imagens diferentes para cada face simetrizada. A coleta de dados foi feita através de questionário online e contou com 87 especialistas em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, sendo 41 brasileiros e 46 de formação internacional. Ao avaliar a percepção do profissional quanto ao aspecto de atratividade em faces com alterações na base alar do nariz, no modelo feminino, 67,3% dos brasileiros e 52,5% dos estrangeiros opinaram ser a mais agradável a que não possuía alteração (0mm). Quanto a face menos agradável, 55% dos brasileiros e 58,6% dos estrangeiros alegaram ser a que possuía maior alargamento (10mm). No modelo masculino, a mais atraente foi a que não possuía alteração (0mm) – 60,8% dos estrangeiros e 70% dos brasileiros; e a menos atraente, de acordo com 82,6% dos brasileiros e 82,5% dos estrangeiros, a face que possuía alargamento de 10mm da base alar. É imprescindível a atenção do profissional durante a avaliação e planejamento do tratamento de pacientes que passarão por cirurgia ortognática, prevendo as possíveis mudanças na estética e harmonia facial, oferecendo possibilidades terapêuticas realistas e de acordo com as expectativas do paciente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1111420 - LIANE MACIEL DE ALMEIDA SOUZA
Externo ao Programa - 1213791 - LUIZ CARLOS FERREIRA DA SILVA
Interno - 2021396 - WILTON MITSUNARI TAKESHITA
Notícia cadastrada em: 10/12/2018 11:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10787-147c949b3