Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCIANA DE VASCONCELOS LEÃO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIANA DE VASCONCELOS LEÃO
DATA: 05/12/2016
HORA: 08:00
LOCAL: Sala Teórica do Departamento de Odontologia, Campus da Saúde
TÍTULO: EFEITO DA APLICAÇÃO DO MICROJATEAMENTO DE ÓXIDO DE ALUMÍNIO E DISCOS DE ÓXIDO DE ALUMÍNIO NA RESISTÊNCIA ADESIVA DE BRAQUETES METÁLICOS COLADOS EM ESMALTE PREVIAMENTE ERODIDO
PALAVRAS-CHAVES: Resistência ao cisalhamento, Erosão Dentária, Ortodontia
PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

A erosão dentária, resultado da desmineralização da superfície do esmalte pela ação de ácidos que o amolecem pode afetar a adesão de braquetes ao esmalte. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o efeito da aplicação do microjateamento de óxido de alumínio e de discos de óxido de alumínio na resistência adesiva de braquetes metálicos recolados em esmalte erodido artificialmente. Cinquenta e quatro coroas de incisivos bovinos foram divididas em função dos grupos: Controle (Saliva Artificial), Ox Al (Microjateamento com óxido de alumínimo) e SL (discos de óxido de alumínio (Sof-Lex Pop On, 3M ESPE). As coroas, fixadas em tubos de PVC a superfície do esmalte foi planificada com discos de carborundum (#320, 600 e 1200 discos de Al2O3; Buehler, Lake Bluff, IL, USA), em Politriz Metalográfica (APL4, Arotec). A microdureza Knoop foi aferida para padronização das superfícies de esmalte (HMV-2000; Shimadzu Corporation, Tokyo, Japan). Após, os dentes de OxAl e SL foram submetidos ao desafio erosivo ao desafio erosivo, submersos em Coca-Cola® por 1 minuto, 3X ao dia, por 7 dias. Foram colados braquetes metálicos Kirium específicos para incisivos centrais superiores direitos, slot 022, prescrição Roth (3M/Abzil, São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil) na face vestibular do dente. A força de cisalhamento foi mensurada através de uma máquina de teste universal EMIC (DL200, EMIC, São José dos Pinhais, Paraná) com velocidade 0,5mm/min. O Índice de Remanescente Adesivo (IRA) foi realizado nas amostras, após o cisalhamento, através de lupa (10X). Foram utilizados os testes de Kolmogorv-Smirnov, de Levene e a homocedasticidade e ANOVA para avaliação da microdureza e força de cisalhamento. Os três grupos apresentaram microdureza e cisalhamento sem diferenças significativas, porém o grupo controle obteve maior média de microdureza. Não houve diferenças estatisticamente significativas entre os três grupos, para a resistência ao cisalhamento (p=0,163). No entanto observou-se que o grupo OxAl demonstrou maiores valores de força de adesão. Ao avaliar o IRA dos grupos, houve diferença estatisticamenteVIIIsignificativa ao comparar o grupo Controle com o OxAl e SL. Os valores do IRA mostraram a prevalência de IRA 3 (50%) para o grupo controle, seguido de IRA 4 (22%) e 5 (22%). Para Ox Al e SL, IRA 1 e 2 prevaleceram. O uso de microjateamento de óxido de alumínio e discos de óxido de alumínio não aumentaram a resistência adesiva dos braquetes quando colados em esmalte erodido artificialmente. O índice de remanescente adesivo indicou que dentes erodidos apresentam uma maior adesão da resina ao esmalte.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALEXANDRE DE A FRANCO
Externo ao Programa - 2215087 - ELIZIANE COSSETIN VASCONCELOS
Presidente - 004.311.705-84 - LUIZ ALVES DE OLIVEIRA NETO
Notícia cadastrada em: 18/11/2016 14:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r10803-399c5c35c