Notícias

Banca de DEFESA: LUCAS SANTOS NOVAIS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCAS SANTOS NOVAIS
DATA: 28/08/2020
HORA: 08:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: ASSOCIAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL COM A APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA E PESO CORPORAL DE ADOLESCENTES
PALAVRAS-CHAVES: pressão arterial; aptidão cardiorrespiratória; índice de massa corporal; adolescentes.
PÁGINAS: 29
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Objetivo: Analisar a associação da pressão arterial com a aptidão cardiorrespiratória (ACR) e o peso corporal em adolescentes de ambos os sexos. Métodos: Estudo de delineamento transversal envolvendo 278 adolescentes (57% meninas) com faixa etária entre 10 a 17 anos (13,66 ± 1,92). A pressão arterial (PA) foi medida por meio de um aparelho eletrônico digital. O índice de massa corporal (IMC), foi obtido através da equação: massa corporal / estatura². A aptidão cardiorrespiratória foi avaliada através do teste de vai e vem de 15m e a maturação somática (método Mirwald) foi estimada através do pico de velocidade de crescimento (PVC) e subtraído pela idade cronológica para calcular a idade PVC (iPVC). A análise de dados foi realizada por meio de regressão linear múltipla em 3 modelos e testes F, considerando um valor de significância p ≤ 0,05. Resultados: A amostra final foi composta de 278 adolescentes de 10 a 17 anos, constituído por 57% do sexo feminino. No sexo feminino, a PAS foi associada a ACR após o ajuste para o IMC (ᵝ = -0,23; p = 0,006), porém quando ajustado para a maturidade somática, a PAS deixa de ter associação significativa (ᵝ = 0,13; p = 0,21) e a PAD foi associada a ACR após ajuste para o IMC e maturidade somática (ᵝ = -0,25; p = 0,04). No sexo masculino a ACR apresentou associação significativa com a PAS no modelo de regressão sem ajuste (ᵝ = -0,23; p = 0,02) e após o ajuste para IMC e maturidade somática a ACR deixa de ter associação significativa, enquanto na PAD não foi visualizado associação significativa. Conclusão: No sexo feminino, a PAS e PAD apresenta associação significativa com a ACR independente de peso corporal, porém quando é feito o ajuste através da maturidade somática, a PAS deixa de ter associação significativa com a ACR. No sexo masculino, a PAS e PAD não apresenta associação significativa com a ACR. A análise da maturação somática é uma variável mediadora importante na relação entre fatores comportamentais de adolescentes que deve ser levada em consideração.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1003924 - AFRANIO DE ANDRADE BASTOS
Externo à Instituição - KÁTIA DE ANGELIS
Presidente - 1849740 - ROGERIO BRANDAO WICHI
Notícia cadastrada em: 24/08/2020 15:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata4.fragata4 v3.5.16 -r12646-2c874e3307