Notícias

Banca de DEFESA: ERIKA THATYANA NASCIMENTO SANTANA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERIKA THATYANA NASCIMENTO SANTANA
DATA: 18/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do DEF
TÍTULO: COMPARAÇÃO ENTRE TERAPIA POR EXERCÍCIO E COLÁGENO NÃO HIDROLISADO (UC-II) NA FUNCIONALIDADE E QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES COM OSTEOARTRITE DE JOELHO
PALAVRAS-CHAVES: Osteoartrite do joelho, Terapia por exercício, Tratamento farmacológico
PÁGINAS: 48
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

INTRODUÇÃO: A osteoartrite (OA) do joelho é caracterizada pela degeneração ou desgaste progressivo das estruturas anatômicas, principalmente as cartilagens e os meniscos. Além disso, está entre as principais causas de dor e inabilidade locomotora no mundo, podendo causar sintomas como rigidez articular, deficiência na função física, disfunção articular, edema e crepitação. Afeta, também, a qualidade de vida dos indivíduos, particularmente os componentes sociais e físicos. OBJETIVO: O objetivo dessa pesquisa foi avaliar o efeito de um protocolo de exercícios e o uso oral de colágeno não hidrolisado (UC-II) na funcionalidade e qualidade de vida de mulheres com osteoartrite de joelho. MÉTODOS: Esse estudo foi realizado com participantes adultos. Os indivíduos foram divididos em 3 grupos (GC= Grupo Controle; GM= Grupo Medicamento; GE= Grupo Exercício). Onde no Grupo Controle não houve nenhum tipo de intervenção, no Grupo Medicamento as pacientes foram submetidos ao tratamento medicamentoso oral com 01 cápsula ao dia de colágeno não hidrolisado (UC-II) de nome comercial Motilex Caps® (Apsen Farmacêutica), durante 6 semanas. E o Grupo Exercício realizou um protocolo constituído do Bloco Mobilidade; Bloco Fortalecimento; Bloco Propriocepção e Bloco Endurance, com duração de 6 semanas (12 sessões). RESULTADOS: Observou-se que nos testes de funcionalidade (TUG e TC6) o GE e o GM apresentaram melhora significativa quando comparado ao GC, na análise da qualidade de vida pelo WOMAC apenas no GE foi possível encontrar melhora significativa quando comparado ao GC, no entanto nos domínios dor e rigidez tanto o GE quanto o GM foram melhores que o GC. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que um protocolo de exercícios e o Colágeno não hidrolisado tipo II apresentam efeitos similares estatisticamente na reabilitação de pacientes com orteoartrose de joelho quando observado o efeito para a funcionalidade, no entanto o exercício se mostra superior na promoção de qualidade de vida desses indivíduos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2229468 - FELIPE JOSE AIDAR MARTINS
Externo ao Programa - 2320427 - LEONARDO YUNG DOS SANTOS MACIEL
Presidente - 1228110 - WALDERI MONTEIRO DA SILVA JUNIOR
Notícia cadastrada em: 08/02/2020 12:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata4.fragata4 v3.5.16 -r12646-2c874e3307