Notícias

Banca de DEFESA: WALESKA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WALESKA DOS SANTOS
DATA: 28/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITORIO/DEF
TÍTULO: ANÁLISE DAS RESPOSTAS FISIOLÓGICAS E METABÓLICAS ENTRE DOIS TIPOS DE TREINAMENTO EM RATOS WISTAR.
PALAVRAS-CHAVES: Indicadores de Estresse Oxidativo; Indicadores de Lesão ,Tecidual; Intensidade; Glicemia.
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Treinamentos físicos são alternativas para promoção da saúde e manutenção dobem-estar. Dentre os variados tipos de treinamento, existem o treinamentocontínuo moderado, o qual possui benefícios bastante estabelecidos na literatura;e o treinamento intervalado de alta intensidade, o qual também aponta melhorias.Nesse sentido, é relevante avaliar as variáveis de alterações corporaisdecorrentes desses dois treinamentos físicos, possibilitando assim, umaprescrição mais eficaz. Contudo, existem lacunas acerca do efeito dessesexercícios, sobretudo utilizando os protocolos específicos desta pesquisa. Sendoassim, o objetivo geral desta, foi analisar diferentes métodos de treinamento,como agentes moduladores fisiológicos e metabólicos em ratos Wistar. Paratanto, esse trabalho contou com o seguinte objetivo específico: analisar asrespostas fisiológicas e metabólicas de oito semanas do Treinamento Intervaladode Alta intensidade (HIIT) e do Contínuo de Intensidade Moderada (CM) em meiolíquido de ratos Wistar, através da quantificação de marcadores de lesão tecidual,estresse oxidativo e do perfil glicêmico. Como resultados principais foramrevelados que os treinamentos apontaram para uma lesão tecidual aguda (emfunção das elevadas concentrações da creatina quinase no grupo que fez o HIIT(GHIIT) em relação ao grupo sedentário (GSED) p=0.0008; bem como, devido alactato desidrogenase ser aumentada nos grupos treinados (GHIIT e GCM) emrelação ao GSED, (p=0.006), em contrapartida, o GHIIT aumentou as sulfidrilashepáticas não oxidadas em relação ao GCM (p=0.03); a glicemia estava maisestável no GCM em relação ao GHIIT (p= 0.0002). Conclui-se então, que osprotocolos de HIIT e CM utilizados neste estudo, resultaram em respostasequilibradas quanto aos aspectos morfológicos e funcionais de ratos Wistar.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CLÉSIO ANDRADE LIMA
Interno - 2229468 - FELIPE JOSE AIDAR MARTINS
Presidente - 276.084.415-34 - SILVAN SILVA DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 13/02/2019 08:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata4.fragata4 v3.5.16 -r12646-2c874e3307