Notícias

Banca de DEFESA: DILTON DOS SANTOS SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DILTON DOS SANTOS SILVA
DATA: 28/06/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do DEF
TÍTULO: EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EXERCÍCIO FÍSICO SOBRE MARCADORES SANGUÍNEOS, AUTONOMIA FUNCIONAL, QUALIDADE DO SONO E DEPRESSÃO EM ADULTOS VELHOS E IDOSOS DA CLÍNICA DO IDOSO DA CIDADE DE LAURO DE FREITAS-BA.
PALAVRAS-CHAVES: Exercício físico, marcadores de sangue, depressão e sono
PÁGINAS: 73
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Introdução: O treinamento aeróbico e de resistência muscular localizada tem tido cada vez mais adeptos, graças aos benefícios de promoção e prevenção da saúde e no controle das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), na melhora da qualidade do sono e na redução de quadros depressivos. Objetivo: Analisar os efeitos de um programa de exercício físico sobre os marcadores sanguíneos, autonomia funcional, qualidade do sono e depressão em usuários da clínica do idoso da cidade de Lauro de Freitas-Ba. Métodos: Este estudo trata-se de uma análise em dois momentos pré e pós intervenção de exercício físico (caminhada supervisionada, ginástica e exercícios localizados), durante três vezes por semana com duração de 60 min. durante 16 semanas com 112 indivíduos de ambos os sexos com idade entre 52 e 63 anos com hipercolesterolemia e diabetes Mellitus diagnosticados clinicamente. Os voluntários foram distribuídos em dois grupos: (“Idoso em Movimento”) e controle. Os dados foram coletados mediante questionário auto relato, teste de autonomia funcional e exames sanguíneos. No primeiro estudo para avaliação das alterações nas taxas sanguíneas (ureia, creatina, potássio e alamina Amino transferase (TGP) e sódio), da autonomia funcional através do protocolo GDLAM (Dantas, 2004) ((C10) caminhada de 10 min.; (LPS) levantar-se da posição sentada; (LPDV) Levantar-se da posição de decúbito ventral; (VTC)Vestir e tirar camisa; (LCLC) levantar-se de uma cadeira e locomover pela casa) e a depressão utilizou-se o questionário de Beck. No segundo estudo, a variável desfecho foram os marcadores sanguíneos (glicose, colesterol total, triglicerídeos, HDL, VLDL, LDL, cálcio) e qualidade do sono através do questionário de Pittsburgh. Para análise dos dados utilizou-se teste ANOVA (two way), Post Hoc de Bonferroni, para o nível de significância adotou-se p≤ 0,05 e para o tamanho do efeito foi utilizado os valores de eta (μp2), adotando-se os valores de efeito baixo (0,1 e 0,24), efeito médio (0,25 e 0,39) teste de f2 de e efeito alto (superior a 0,40). Resultados: No primeiro estudo o grupo experimental reduziu os níveis as variáveis sanguíneas que tiveram redução foram TGP 121,41 + 26,47 (p<0,047; f2 0.153), sódio 131,33±4,68 (p<0,039; f2 0,43) e todos os testes da autonomia funcional obteve efeitos alto enquanto a depressão reduziu o escore. No segundo estudo o grupo experimental apresentou significância e efeito alto nas concentrações sanguíneas de LDL 106,16 + 26,50 (p <0.004; f2 0.77), VLDL 29,24±17,68 (p <0.016; f2 0.49) e cálcio 9,04 + 0,38 (p <0.001; f2.35) o escore da qualidade do sono reduziu para 7,35±1,92 com significância de p <0,001 e efeito grande de f2 0,78. Conclusão: O programa de exercício físico mostrou-se capaz de reduzir as taxas dos marcadores sanguíneos TGP, sódio, LDL, VLDL, cálcio e melhorar a qualidade do sono da capacidade funcional e reduzindo os níveis de depressão.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CLÉSIO ANDRADE LIMA
Presidente - 2229468 - FELIPE JOSE AIDAR MARTINS
Externo à Instituição - FÁBIO NEVES SANTOS
Notícia cadastrada em: 11/06/2018 07:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata2.fragata2 v3.5.16 -r12646-2c874e3307