Notícias

Banca de DEFESA: CARLA SOUZA DE JESUS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARLA SOUZA DE JESUS
DATA: 11/08/2017
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do DEF
TÍTULO: EFEITOS DO ESFORÇO PRÉVIO DE ALTA INTENSIDADE NO DESEMPENHO TÉCNICO -TÁTICO EM JOGADORES DE BASQUETEBOL UNIVERSITÁRIO
PALAVRAS-CHAVES: Exercício físico. Basquetebol. Desempenho atlético.
PÁGINAS: 61
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

INTRODUÇÃO: O basquetebol possui esforços intensos e intermitentes, contudo, não é claro, em que medida eles afetam o desempenho técnico-tático. OBJETIVO: Comparar os efeitos de um esforço prévio de alta intensidade sobre o desempenho técnico-tático em jogadores de basquetebol universitário. METODOLOGIA: Dez atletas de equipe de basquetebol universitário do sexo masculinorealizaram aquecimento (5 min), seguido ou não do exercício Super-7, em distintos dias. Logo após, os atletas realizaram um jogo simulado 5v5 com duração de 10 min (Jogo de Estímulo Prévio Leve (JLEV) x Jogo Estímulo Prévio Vigoroso (JVIG). A percepção de esforço foi registradanos procedimentos e a carga interna dos jogos foi calculada. O desempenho técnico-tático foi avaliado por: Instrumento de Avaliação do Desempenho Técnico-Tático Individual no Basquetebol (IAD-BB), e as Estatísticas de Jogo Básicas e Avançadas. Os dados dos atletas foram agrupados para comparação entre os jogos simulados. RESULTADOS: as percepções de esforço nos aquecimentos foram equivalentes e o JVIG apresentou maior valor que o JLEV(7,6 ± 1,1 e 5,7 ± 1,3 u.a.). Não houve diferença estatísticano desempenho técnico-tático geral, ou nos componentes específicos do IAD-BB (Adaptação, Tomada de Decisão e Eficácia). Na estatística básica do JVIGocorreram menos arremessos de 3 pontos, assistências, bolas perdidas e aproveitamento dos arremessos de quadra, contra-ataques bem-sucedidos, pontos no garrafão, infiltrações com bola, frequência e aproveitamento dos arremessos do tipo catch and shoot, aproveitamento das bandejas,total de arremessos tentados e aumento na frequência dos rebotes defensivos.CONCLUSÃO: o esforço prévio de alta intensidade não interferiu no desempenho técnico-tático dos jogadores de basquetebol. Houve, contudo, alterações na qualidade das ações ofensivas (melhora) e defensivas (piora), acompanhadas de alterações nas características do jogo observadas nas estatísticas de jogo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1003924 - AFRANIO DE ANDRADE BASTOS
Externo à Instituição - FABRÍCIO VIEIRA DO AMARAL VASCONCELLOS
Presidente - 1546651 - MARCOS BEZERRA DE ALMEIDA
Notícia cadastrada em: 27/07/2017 14:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata2.fragata2 v3.5.16 -r12762-01b8f192c5