Notícias

Banca de DEFESA: IZABELLA DE OLIVEIRA VIEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IZABELLA DE OLIVEIRA VIEIRA
DATA: 07/08/2017
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do DEF
TÍTULO: EFEITOS DO EXERCÍCIO ISOMÉTRICO SOBRE OS ÍNDICES DE PRESSÃO ARTERIAL E FREQUÊNCIA CARDÍACA EM ADULTOS: REVISÕES SISTEMÁTICAS.
PALAVRAS-CHAVES: isometric training, isometric exercise, blood pressure, heart rate.
PÁGINAS: 59
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Os efeitos de exercícios isométricos sobre os índices de pressão arterial (PA) e frequência cardíaca (FC) vêm sendo investigado. No entanto, as amostras costumam ser reduzidas o que dificultaa generalização dos dados. Revisões sistemáticas com meta-análises se apresentam como alternativas por possibilitar o agrupamento dos dados de diferentes estudos.Assim, o objetivo deste trabalho foiavaliar na literaturaa influência da idade sobre as alterações agudas de PA e FC de adultos geradas pelo exercício isométrico (Estudo I), bem como investigar os efeitos crônicos sobre estes mesmos parâmetros (Estudo II). Para tal, foram realizadas buscas nas bases de dados: PubMed, Lilacs, Scopus e PeDro, por ensaios clínicos publicados até 23 de Maio de 2016 que avaliaram mudanças de PA e FC em adultos após exercícios isométricos e realizadoscom sujeitos com idade >18. Os estudos que estudaram as respostas após umasessão de exercício isométrico foram selecionados e separados de acordo com a idade da amostra, < e > 60 anos, para análise da influência da idade sobre o efeito agudo.Aqueles com períodode intervenção≥4 semanas foram selecionados para avaliação deefeito crônico. Assim, foram incluídos 4 artigos no estudo I e,apesar de metade dos trabalhos ter sido realizada com adultos e a outra com idosos, a comparação diretados estudos não foi realizada, devido às divergências entre as características de exercício utilizadas. No estudo II, foram identificados 2 trabalhos que demonstraram que o treino isométrico de preensão manual é capaz de reduzir significativamente apenas a PAS e a PAM, -1,58 [ -2,64 , -0,51 ] , p = 0,004, e -0,91 [-1,58 , -0,24], p = 0,008, respectivamente, após um período de intervenção de 8-10 semanas. Com isso, observou-seuma necessidade de produção de trabalhos que busquem avaliar as respostas agudas a protocolos de exercicio isométrico com caracteristicas similares as utilizadas nos programas de treinamentos crônicos atuais, sobretudo em idosos e hipertensos, para que questões sobre o risco e diferenças entre as populações sejam identificadas. Além disso, o treino de preensão manual isométricoreduz significativamente a PA sistolica e PA média de adultos. Todavia,estudos com amostras diferentes e modalilidades de isometrias diferentes ainda são necessariospara subsidiar com segurança a utilização desta modalidade de treino no manejo da hipertensão.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1849740 - ROGERIO BRANDAO WICHI
Externo ao Programa - 2693741 - VALTER JOVINIANO DE SANTANA FILHO
Presidente - 1228110 - WALDERI MONTEIRO DA SILVA JUNIOR
Notícia cadastrada em: 20/07/2017 15:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - bigua2.bigua2 v3.5.16 -r12692-c69972fb69