Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CAROLINA SANTOS BARBOSA MACHADO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CAROLINA SANTOS BARBOSA MACHADO
DATA: 22/03/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 02 do pólo de gestão
TÍTULO: Intervenção nutricional com restrição de carboidrato associada ao treinamento físico contínuo em um programa de perda de peso
PALAVRAS-CHAVES: Restrição calórica; Exercício; Carboidrato; Obesidade; Perda de peso.
PÁGINAS: 78
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

INTRODUÇÃO O excesso de peso é um dos principais problemas de saúde pública, contribuindo com o aumento da prevalência de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) e aumentando os custos públicos no tratamento e controle da obesidade. Sabe-se que a prática de atividade física associada à alimentação equilibrada são importantes para a prevenção, controle e tratamento do excesso de peso e da melhora do perfil cardiometabólico. Mais precisamente, novas manipulações dietéticas com carboidrato estão sendo associadas na literatura com a diminuição do peso corporal, percentual de gordura e circunferência da cintura, além de ser um preditor para melhora nos parâmetros bioquímicos. Entretanto, a restrição de carboidrato severa pode levar a efeitos adversos no tratamento, como aumento da fadiga, alterações no perfil de humor, e favorecer a não adesão e abandono dos tratamentos. OBJETIVO O objetivo do estudo foi avaliar o efeito de um programa nutricional e de atividade física aeróbia sobre a saúde e composição corporal de indivíduos com excesso de peso. MÉTODOS Participaram do estudo 57 indivíduos obesos da comunidade universitária (alunos, técnicos e professores) randomizados em B-CHO (dieta com restrição de carboidrato) e N-CHO (dieta com adequação de carboidrato) realizando treinamento físico aeróbio 3x/semana durante 12 semanas, seguidos de 10 semanas de follow-up. Foram coletadas informações antropométricas (peso, circunferência da cintura, circunferências abdominal, circunferência do quadril, peso em gordura e percentual de gordura), de humor (POMS), bioquímica (colesterol e suas frações, ALT, AST, ácido úrico, ureia, glicemia), dietético, testes físicos (neuromusculares e cardiovasculares) e questionários de adesão a dieta. Utilizou-se teste de qui-quadrado para análise dos dados categóricos, ANOVA para comparação dos dados pré, pós intervenção e follow-up. RESULTADOS A amostra era composta por 64,9% de mulheres com idade média de 31,67 (10,60) anos. Houve diminuição significativa de peso, circunferência da cintura e percentual de gordura em ambos os grupos de intervenção. Houve aumento do HDL, diminuição do LDL, colesterol total, ALT e AST em ambos os grupos de intervenção, entretanto, VLDL e TGL só reduziu no grupo N-CHO. Houve aumento da força de membros inferiores e resistência em ambos os grupos. CONCLUSÃO A restrição calórica e treinamento contínuo mostram-se eficazes para melhora do perfil cardiometabólico de obesos submetidos a programa para perda de peso.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2297369 - ROBERTO JERONIMO DOS SANTOS SILVA
Externo ao Programa - 1632071 - DANIELLE GOES DA SILVA
Externo à Instituição - THARCIANO LUIZ TEIXEIRA BRAGA DA SILVA
Notícia cadastrada em: 21/03/2016 08:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2020 - UFRN - fragata2.fragata2 v3.5.16 -r12646-2c874e3307