A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DEBORA CRISTINA MELO DE GOES MORAES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DEBORA CRISTINA MELO DE GOES MORAES
DATA: 25/08/2022
HORA: 09:00
LOCAL: https://meet.google.com/jct-jhnk-jpr
TÍTULO: A CAMINHO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL: POTENCIALIDADES E DESAFIOS À IMPLEMENTAÇÃO EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR
PALAVRAS-CHAVES: Governo Digital. Transformação Digital. Potencialidades. Desafios. Maturidade Digital.
PÁGINAS: 77
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

A utilização das tecnologias da informação e comunicação se faz cada vez mais presente na sociedade. A pandemia da covid-19, em 2020, acelerou esse processo, trazendo novos desafios para as organizações. No Brasil, o uso das tecnologias no serviço público foi iniciado há duas décadas para implantação de um governo digital, voltado para atender as necessidades da sociedade, configurando como documentos mais recentes a Estratégia Brasileira para a Transformação Digital (2018) e a Estratégia de Governo Digital (2022) que trazem orientações para a implementação da transformação digital nos órgãos e entidades que compõem a Administração Pública Federal, dentre eles as universidades. Nesse sentido, a Universidade Federal de Sergipe foi escolhida como objeto de estudo, tendo em vista a notoriedade como instituição federal de ensino superior, presença de avanços tecnológicos e estar em processo de transformação digital em atendimento às diretrizes governamentais. Assim, essa pesquisa tem como objetivo geral analisar as potencialidades e os desafios frente a implementação da transformação digital, determinantes para a definição da maturidade digital da instituição. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, com uma abordagem qualitativa, tendo como estratégia de pesquisa o estudo de caso. Como instrumento de coleta de dados serão realizadas entrevistas semiestruturadas com membros do Comitê de Governança Digital da instituição. Pretende-se contribuir para o conhecimento nas questões relativas as potencialidades e desafios para a implementação, e definição da maturidade digital da instituição, e como resultado espera-se contribuir para a identificação das estratégias e ações que permitam o avanço da transformação digital.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2550927 - JEFFERSON DAVID ARAUJO SALES
Externo à Instituição - MARCOS ANTONIO GASPAR
Presidente - 1224228 - MARIA CONCEICAO MELO SILVA LUFT

Notícia cadastrada em: 12/08/2022 10:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18277-8067e35817