A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: HENRIQUE FRANCISCO DE ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HENRIQUE FRANCISCO DE ALMEIDA
DATA: 21/10/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Mini-auditório CCBS
TÍTULO: DETECÇÃO DE GENES DE RESISTÊNCIA A ANTIBIÓTICOS EM CAMAS DE FRANGO PROVENIENTES DE GRANJAS DO ESTADO DE SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: Resistência bacteriana. Brasil. Disseminação de Resistência. Avicultura. Promotores de Crescimento.
PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Microbiologia
SUBÁREA: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
ESPECIALIDADE: Bacterologia
RESUMO:

A resistência a antibióticos tem se tornado um grave problema a nível de saúde pública. Oprincipal fator de disseminação da resistência está no uso indiscriminado e/ou inadequado dosmesmos. Os antibacterianos são utilizados em larga escala tanto na medicina humana quantoveterinária. No âmbito veterinário, utiliza-se esses medicamentos para fins profiláticos,terapêuticos e como agentes promotores de crescimento. O uso irracional de antibióticos naprodução animal, incluindo no setor avícola, está relacionado à disseminação de antibióticos ede genes de resistência a antibióticos (GRAs) no meio ambiente. GRAs têm sido reconhecidospela Organização Mundial da Saúde como micropoluentes emergentes que representam riscopotencial para o meio ambiente e para o homem. Por esse motivo, o presente estudo tem afinalidade de investigar a presença de GRAs em camas de frango provenientes de granjaslocalizadas no Estado de Sergipe. As amostras foram coletadas em granjas localizadas emdiferentes cidades do Estado de Sergipe. Foi realizada a extração de DNA das amostras, comsubsequente amplificação através da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) utilizandoprimers para os genes de resistência a antibióticos selecionados: ermB, blaTEM, qnrS, aacC2,gyrA, rdxA, tetM, tetA, tetB, tetG, sul-1 e mcr-1. Os GRAs foram confirmados em todas asamostras, exceto o rdxA e mcr-1. A maior positividade de resistência foi obtida para osantibióticos macrolídeos (ermB), beta-lactâmicos (blaTEM), quinolonas (gyrA), tetraciclinas(tetM e tetA) e sulfonamidas (sul-1). Os produtos amplificados serão submetidos aosequenciamento. Esses resultados indicam o potencial da criação avícola no Estado de Sergipena disseminação de GRAs no meio ambiente, mesmo para antibióticos que não apresentam usono setor.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1838864 - ANA ANDREA TEIXEIRA BARBOSA
Interno - 1703964 - SILVIO SANTANA DOLABELLA
Externo à Instituição - SONA ARUN JAIN

Notícia cadastrada em: 11/10/2022 10:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - ema2.ema2 v3.5.16 -r18277-8067e35817