A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: TATYANE MARTINS CIRILO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TATYANE MARTINS CIRILO
DATA: 04/03/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Defesa remota
TÍTULO: Avaliação de Peptídeos Altamente Imunogênicos para o Imunodiagnóstico da Ascaridíase: Infecção, Reinfecção e Pós-infecção
PALAVRAS-CHAVES: Ascaris lumbricoides; Geohelmintíases; Imunodiagnóstico.
PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Parasitologia
SUBÁREA: Helmintologia de Parasitos
RESUMO:

O Ascaris sp. é um nematoda pertencente ao grupo dos geohelmintos. Sua transmissão ocorre via oral-fecal pela ingestão de ovos embrionados encontrados no solo, água ou alimentos contaminados. É uma doença tropical negligenciada que afeta principalmente indivíduos pobres e vulneráveis em países subdesenvolvidos. Estima-se que aproximadamente 450 milhões de pessoas estejam infectadas mundialmente e em 2019 o parasito contribuiu com quase 800 mil anos de vida perdidos ajustados pela incapacidade e morte prematura causada por essa enfermidade. A principal ação de controle é realizada através da quimioprofilaxia anual ou semestral em massa com anti-helmíntico que tem como objetivo a diminuição da carga parasitária nos indivíduos, como consequência os métodos parasitológicos convencionais baseados na visualização de ovos do parasito nas fezes têm apresentado baixa sensibilidade. Técnicas imunológicas tem sido alvo de estudos como promissoras, principalmente devido seu baixo custo e alta sensibilidade, embora ainda necessitem de antígenos mais imunogênicos. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar sequências peptídicas de geohelmintos como novos biomarcadores altamente imunogênicos para diagnóstico sorológico da ascaridíase. Para isso, sequências peptídicas conservadas na predição de epítopos de células B para os geohelmintos foram selecionadas por ferramentas de bioinformática. As 160 sequências peptídicas altamente imunogênicas foram sintetizadas em membrana de celulose através da técnica de Spot síntese. As amostras de soro de animais infectados por Ascaris sp. foram obtidas de camundongos BALB/c fêmeas divididas em quatro grupos com cinco animais cada: sem infecção, infecção primária,reinfecção e pós-infecção. Pool de soros desses animais foram utilizados para avaliar a reatividade dos peptídeos na membrana através da técnica de immunoblotting. Para determinar os peptídeos reativos, inicialmente foi realizado análise desintométrica utilizando o software ImageJ e os dados obtidos foram submetidos ao software R para calcular o cut-off através da média do controle negativo + 2σ. Os peptídeos reativos com o controle negativo foram excluídos da seleção e os peptídeos reativos dos demais grupos foram identificados. Na análise densitométrica, dos 160 spots na membrana, 52 spots apresentaram reatividade para algum dos grupos de infecção. Como algumas sequências peptídicas eram repetidas na membrana, mudando apenas a posição do spot, as sequências peptídicas foram submetidas ao Diagrama de Venn para cruzar o conjunto utilizando as sequências peptídicas. Dos 52 spots reativos na análise desintométrica, 40 sequências peptídicas eram diferentes, onde sete estavam com reatividade no grupo de infecção primária, dez na reinfecção e 23 na pós-infecção. Observando individualmente, nenhum peptídeo esteve reativo somente na infecção primária, dois peptídeos reativos somente na reinfecção e 16 peptídeos reativos apenas na pós-infecção. Analisando o conjunto das sequências entre os grupos, um peptídeo obteve reatividade no grupo de infecção ativa (primária e reinfecção) e outros seis peptídeos apresentaram reatividade com todos os grupos. Os biomarcadores identificados neste trabalho para os diferentes momentos da infecção pelo Ascaris sp. apresentam-se como alvos para o aprimoramento do diagnóstico da ascaridíase e serão melhor avaliados em estudos posteriores.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA CLARA GAZZINELLI GUIMARÃES
Externo à Instituição - LUCIANA MARIA DE OLIVEIRA
Presidente - 171.267.248-70 - RICARDO TOSHIO FUJIWARA

Notícia cadastrada em: 16/02/2022 10:55
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r18291-d8b5d91c4a