A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente
Notícias

Banca de DEFESA: GERLANE DOS SANTOS BARROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GERLANE DOS SANTOS BARROS
DATA: 23/02/2018
HORA: 14:30
LOCAL: Local a definir
TÍTULO: Análise transcriptômica comparativa da infecção por papilomavírus bovino
PALAVRAS-CHAVES: Papilomavírus bovino; Expressão gênica diferencial; RNA-seq; Interação parasito-hospedeiro.
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Genética
SUBÁREA: Genética Molecular e de Microorganismos
RESUMO:

O papilomavírus bovino (BPV) é o agente causador da papilomatose no gado. A doença causa lesões cutâneas e mucosas que podem ser minimizadas ou levar ao aparecimento de tumores malignos. Ocorre no Brasil e em vários outros países, afetando principalmente os animais jovens. Além da aparência desagradável do animal afetado pela papilomatose cutânea, o problema pode causar danos incalculáveis ​​aos diferentes criatórios, principalmente no que diz respeito à diminuição da produtividade. Sabendo que o Brasil é um dos grandes produtores de carne e leite do mundo, este estudo busca identificar possíveis mecanismos moleculares que estão por trás dos processos patológicos associados à papilomatose bovina através da identificação de genes relacionados ao desenvolvimento das lesões. Para isso, sequenciamento de RNA de próxima geração foi utilizado para avaliar genes diferencialmente expressos em bovinos infectados e não infectados. Foram estudados três animais com lesão papilomatosa e três sem lesão. A plataforma Galaxy foi utilizada para análise dos dados gerados pelo sequenciamento. Os arquivos de saída Illumina foram convertidos em formato de arquivo FASTQ. Avaliação de qualidade foi realizada utilizando FastQC e o corte de qualidade de sequência foi realizado usando Trimmomatic. TopHat e Bowtie foram utilizados para mapear e alinhar as reads com o genoma de referência. A abundância dos genes expressos foi verificada utilizando Cuffilinks. Para análise da expressão diferencial foi utilizado Cuffdiff. A anotação funcional dos genes diferencialmente expressos foi realizada utilizando o banco de dados do Gene Ontology (GO). O sequenciamento de RNA gerou um total de 121.722.238 reads. Na análise de expressão diferencial foi identificado um total de 13.421 genes diferencialmente expressos e destes 1343 foram diferencialmente significativos. A anotação funcional dos genes diferencialmente significativos mostrou que muitos genes apresentaram funções ou estavam relacionados a vias metabólicas associadas à progressão de lesões de papilomatose e desenvolvimento de câncer em bovinos. Embora sejam necessários mais estudos, este é o primeiro estudo que se concentrou em uma avaliação em larga escala da expressão gênica associada à infecção por BPV, o que é importante para identificar possíveis mecanismos regulados pelos genes hospedeiros que são necessários para o desenvolvimento da lesão.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2026761 - MARCUS VINICIUS DE ARAGAO BATISTA
Interno - 1897681 - LUCIANE MORENO STORTI DE MELO
Externo ao Programa - 2229398 - ANA PAULA DEL VESCO

Notícia cadastrada em: 09/02/2018 14:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS - - | Copyright © 2009-2023 - UFRN - bemtevi1.bemtevi1 v3.5.16 -r18277-8067e35817